0
Logo do ABC
Foto: Frankie Marcone / ABC

ABC

ABC

De virada e no Serra Dourada, ABC acaba com série positiva do Goiás

16 jun 2017
23h41
atualizado às 23h41
  • separator
  • comentários

O ABC visitou o Goiás no Serra Dourada na noite dessa sexta-feira como franco azarão, mas saiu de Goiânia com a vitória por 2 a 1, de virada, e acabou com a série de três triunfos seguidos do Esmeraldino no Campeonato Brasileiro da Série B. Com o revés no duelo pela oitava rodada da competição, o Goiás perdeu a oportunidade de se aproximar do G4 e acabou ultrapassado justamente por seu algoz de Natal. Agora, o ABC é sétimo na tabela de classificação, com 12 pontos, enquanto o Goiás, com um ponto a menos, vem logo atrás.

Apesar da derrota, quem viu os primeiros minutos do confronto dessa sexta talvez não imaginasse o que estaria por vir. Logo aos quatro minutos, Tiago Luís acertou o travessão. E não demorou muito para os donos da casa abrirem o placar.

Léo Sena e Eltinho triangularam com Carlos Eduardo dentro da área. Na conclusão, o atacante não perdoou e liberou o grito de gol da torcida local com apenas nove minutos de bola rolando.

Talvez o grande mérito do ABC tenha sido dar uma resposta imediata. Apenas cinco minutos depois, Caio Mancha aproveitou a tentativa da zaga do Goiás em deixa-lo impedido, saiu cara a cara com Marcelo Rangel e empatou o duelo com um toque na saída do goleiro.

A equipe Esmeraldina sentiu o baque e não conseguiu mais dominar as ações como vinha fazendo até levar o gol. Antes do intervalo, aliás, foi o ABC que ficou perto de tomar a dianteira no placar, mas Erivélton não alcançou a bola em cruzamento perigoso de Eltinho. Um lance muito parecido, mas dessa vez pela direita, aconteceu na sequência, com Caio Mancha, que também raspou a bola, mas não conseguiu empurrar para dentro.

Na segunda etapa, o jogo ganhou em emoção. Com as duas equipes se lançando ao ataque e com o desgaste físico, os espaços começaram a aparecer com frequência e o duelo ficou aberto.

E as circunstâncias acabaram favorecendo o ABC. Aos 24, em contra-ataque mortal, Erivélton invadiu a área pela direita e cruzou para Dalberto apenas empurrar para o gol com Marcelo Rangel já batido no lance.

A grande chance do Goiás de evitar a derrota em casa veio apenas dez minutos depois, com Carlos Eduardo. Mas, diferente da primeira etapa, dessa vez o atacante acabou desperdiçando a "bola do jogo", quase dentro da pequena área, de forma inacreditável. Com o gol vazio, Carlos Eduardo isolou com cima do travessão.

Daí para frente o que se viu foi uma pressão desesperada e desorganizada do Esmeraldino, que a essa altura já percebia a impaciência das arquibancadas ao invés do apoio inicial. Assim, o ABC soube se segurar e levar os três pontos para Natal.

Na próxima rodada, o Goiás terá a chance de se reabilitar fora de casa, na Arena Pernambuco, contra o Náutico, terça, às 19h15. Já o ABC terá a chance de engrenar uma sequência positiva ao receber o CRB também na terça, mas às 20h30, no estádio Frasqueirão, no Rio Grande do Norte.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 X 2 ABC

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 16 de junho, sexta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior - PR (CBF)

Assistentes: Bruno Boschilia - PR (FIFA) e Victor Hugo Imazu dos Santos - PR (CBF)

Cartões amarelos: GOIÁS: Pedro Bambu. ABC: Filipe, Anderson Pedra, Cleiton

GOLS:

GOIÁS: Carlos Eduardo, aos 9 minutos do 1T

ABC: Caio Mancha, aos 15 minutos do 1T. E Dalberto, aos 24 minutos do 2T.

GOIÁS: Marcelo Rangel; Tony (Léo Gamalho), Alex Alves, Everton Sena e Jefferson; Victor Bolt, Pedro Bambu e Leo Sena; Tiago Luis (Michael) e Aylon (Jean Carlos).

Técnico: Silvio Criciúma.

ABC: Edson; Jonathan Bocão, Filipe, Cleiton, Eltinho (Léo Fortunato); Anderson Pedra, Márcio Passos, Erivélton (Zotti), Gegê; Dalberto (Nando) e Caio Mancha.

Técnico: Geninho.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade