1 evento ao vivo

Williams, do Fed, diz que crescimento mais lento dos EUA é "novo normal"

6 mar 2019
15h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um crescimento econômico mais lento nos Estados Unidos não é necessariamente "motivo para alarme", mas sim um "novo normal" que as pessoas deveriam esperar, disse nesta quarta-feira o presidente do Federal Reserve de Nova York, destacando o conforto das autoridades com os juros no atual nível.

Presidente do Federal Reserve de Nova York, John Williams, fala no Clube Econômico de Nova York
06/03/2019
REUTERS/Lucas Jackson
Presidente do Federal Reserve de Nova York, John Williams, fala no Clube Econômico de Nova York 06/03/2019 REUTERS/Lucas Jackson
Foto: Reuters

John Williams rebaixou ligeiramente as estimativas para o crescimento econômico a cerca de 2 por cento. Mas ele disse ao Clube Econômico de Nova York que o resultado "melhor possível" ficaria na meta com o crescimento potencial dos EUA, justificando a taxa de juros atual, que está em nível "neutro" --nem encoraja nem desencoraja a atividade econômica.

O enfraquecimento do crescimento econômico da China e da Europa justificam a postura de paciência do Fed sobre os juros, disse ele, reiterando declarações anteriores.

"Com um mercado de trabalho forte, crescimento moderado e nenhum sinal de qualquer pressão inflacionária significativa, o cenário básico é bastante favorável", disse Williams em declarações preparadas. "Qual será a resposta do Fed? Minha resposta curta: depende!"

Williams é membro votante permanente no comitê de política monetária do banco central norte-americano e líder da unidade encarregada de implementar a política monetária.

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade