0

Wall St busca direção em meio a dados fracos da China e resultados corporativos positivos

18 out 2019
12h07
atualizado às 14h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Wall Street buscava direção nesta sexta-feira, com as notícias favoráveis sobre os lucros das empresas compensando o nervosismo com a economia global depois que a China registrou a expansão mais fraca em quase 30 anos, com a Johnson & Johnson também pesando sobre o Dow Jones.

Operadores na Bolsa de Valores de Nova York 
18/10/2019
REUTERS/Brendan McDermid
Operadores na Bolsa de Valores de Nova York 18/10/2019 REUTERS/Brendan McDermid
Foto: Reuters

Às 12:02 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,31%, a 26.942 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,302207%, a 2.989 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,6%, a 8.108 pontos.

Os investidores estão acompanhando de perto a saúde da China, enquanto a amarga guerra comercial com os Estados Unidos alimenta o medo de uma recessão global. [nL2N27307S]

Enquanto as ações globais caíam devido aos dados da China no terceiro trimestre, uma série de resultados robustos da Coca-Cola e da Schlumberger melhorava o clima.

As ações da Coca-Cola subiam 1,7% depois de a fabricante de bebidas superar as expectativas dos analistas em vendas trimestrais.

A empresa era o principal impulso para o setor de produtos básicos para consumo, que avançava 0,4%, o líder entre os 11 principais setores do S&P.

A Johnson & Johnson caía 3,5% e pressionava o Dow Jones.

"O movimento é uma mistura de muitas coisas que não são nem tão negativas nem tão positivas. Será um dia tranquilo, principalmente por causa de alguns balanços", disse Randy Frederick, vice-presidente de negociação e derivativos da Charles Schwab.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade