TODOS OS VÍDEOS

Top Político: STJ responde à conflito no TRF-4 e diz que Favreto não podia julgar habeas corpus de Lula

No despacho, a presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, afirmou que a decisão de Favreto causa "perplexidade e intolerável insegurança jurídica", e foi tomada por alguém "incompetente, em situação precária de Plantão judiciário".  O ministro corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), João Otávio de Noronha, determinou a abertura do procedimento para apurar as condutas dos desembargadores Favreto e João Pedro Gebran Neto, do TRF-4, e também do juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Criminal de Curitiba

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade