TODOS OS VÍDEOS

FMI: "é cedo para avaliar impacto da crise na economia"

O Fundo Monetário Internacional (FMI) "monitora" a situação do Brasil depois do escândalo de corrupção que atinge diretamente o presidente Michel Temer e descarta um "contágio" na região, segundo explicaram nesta sexta-feira diretores do organismo.

EFE

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade