2 eventos ao vivo

Oratória descomplicada: técnicas para aprimorar sua comunicação cotidiana

Saiba sobre a oratória descomplicada, com técnicas simples e eficientes para que você possa aprimorar a sua comunicação.

6 jan 2020
07h48
  • separator
  • 0
  • comentários

Oi, Speaker!

Dedicamos muito tempo para abordar os inúmeros impactos positivos conquistados por profissionais que aprimoram a sua oratória, não é mesmo? Só que esse impacto não acontece apenas no âmbito profissional, como também se expande para outras áreas.

O que quero dizer é: conhecer algumas técnicas de oratória, e aplicá-las, também modificará a sua comunicação cotidiana: no seu entorno familiar, com seus amigos, vizinhos e aqueles com os quais dialoga no dia a dia.

Pensando nisso, na nossa conversa de hoje, decidi falar sobre a oratória descomplicada, com técnicas simples e eficientes para que você possa aprimorar a sua comunicação cotidiana e transmitir uma imagem positiva aos demais. Confira!

Foto: Shutterstock

- Evite clichês desinteressantes

Quem nunca sentiu aquele silêncio constrangedor no elevador e soltou um “que calorão, hein?” ou “que frio, não é?”. Falar do tempo é apenas um dos muitos clichês utilizados para a famosa intenção de “puxar assunto” com alguém.

No entanto, essa definitivamente não é a melhor maneira de iniciar uma conversa, especialmente se você quer deixar uma boa impressão! Procure falar sobre outro tema se realmente quer iniciar uma conversa que signifique algo. Caso contrário, é melhor permanecer em silêncio.

- Pratique a escuta ativa

Ao conversar com alguém, pratique a escuta ativa. O que isso quer dizer? Oras, quer dizer que, durante os minutos de conversa, você realmente estará prestando atenção no que o outro diz. Nada de checar as notificações do celular ou pensar no que irá cozinhar para o almoço... escute o que o outro tem a dizer!

Prestar atenção verdadeiramente pode fazer com você escute algo que realmente o interesse e, a partir disso, ter um embasamento para criar uma conexão com quem dialoga e ter uma conversa interessante com esse alguém.

- Fale sobre emoções e experiências

“Como assim? Devo falar sobre minhas emoções com alguém que não conheço tão bem?” Não é por aí... Não estou dizendo que você deva falar sobre sua vida íntima e muito menos perguntar sobre a vida particular de alguém com quem não tem intimidade.

Na verdade, estou me referindo a uma técnica prática para conversas mais interessantes, que é alterar a forma como você se comunica. Ao contrário de perguntar, por exemplo, “você viu o que aconteceu em tal lugar?”, perguntar “o que você acha sobre o que aconteceu em tal lugar?”. Notou a diferença, Speaker? Ela é sutil, mas é uma forma de criar uma comunicação eficiente e que não se resuma a perguntas que demandem apenas respostas afirmativas ou negativas.

- Não compare experiências

Me arrisco a dizer que todos nós conhecemos alguém que sempre fala sobre as próprias experiências, com o intuito de diminuir a dos demais. Se uma pessoa diz que fez uma viagem, esse alguém falará sobre uma viagem própria muito melhor, por exemplo.

Não comparar experiências é importante nesse sentido porque, mesmo que não seja com má intenção, temos a tendência em querer concentrar a atenção em nossas próprias vivências. E, fazer isso sem saber ouvir os demais, não acrescentará em nada para nossas relações sociais.

- Seja breve

É importante não se estender demais na hora de falar sobre um assunto e acabar correndo o risco de transformar uma conversa em um verdadeiro monólogo. Ser breve, assertivo e direto é um cuidado importante em todas as situações, inclusive no seu cotidiano.

Por isso, preste atenção em si mesmo e em como lida com os demais. Se perceber que tem a tendência de se estender muito quando fala com alguém, procure ir aprimorando esse hábito e substituindo-o pela escuta ativa.

 

A comunicação não é um bicho de sete cabeças. Ao contrário, ela é o que nos une com as pessoas que estão ao nosso redor, abrindo o nosso leque de oportunidades e expandindo nossa visão de mundo.

Assim, a oratória descomplicada – essa que podemos aplicar em todos os momentos da nossa vida, inclusive em conversas cotidianas – é uma aliada para que possamos ser mais sociáveis e, mais que isso, tirar o melhor do nosso contato com as outras pessoas!

 

Fonte:

https://www.thespeaker.com.br/oratoria-o-guia-completo/

The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade