PUBLICIDADE

Conheça 10 empresários que ganharam o 1º milhão antes dos 30

ver comentários
Publicidade

Quem nunca sonhou em ser milionário? Se para a grande maioria dos mortais este sonho pode parecer distante, para alguns afortunados ele se concretizou bem rápido, seja criando a rede social mais usada no planeta ou apenas transformando as receitas da vovó em um grande negócio. Conheça a seguir 10 empreendedores que romperam a barreira do US$ 1 milhão antes de completar 30 anos.

Food trucks: mobilidade atrai jovens empreendedores

Blog: Como fazer um bom Plano de Negócios

Com apenas 14 anos, o escocês Fraser Doherty pegou as receitas caseiras de geleia de sua avó e fundou a SuperJam. Dois anos depois, ele abandonou os estudos e fechou seu primeiro contrato de distribuição com uma rede de supermercados, a britânica Waitrose. Muitos outros vieram em seguida e, em 2008, quando Fraser completou 20 anos, sua empresa já registrava um faturamento anual de US$ 1,2 milhão.

 

Foto: WPA Pool / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Patrick Collison tinha 16 anos quando ganhou o prêmio de Jovem Cientista do Ano da Irlanda, em 2005. Dois anos depois, ele e o irmão, John, fundaram a empresa de softwares Shuppa. Como não conseguiram financiamento para o negócio em seu país, os dois se mudaram para a Califórnia, onde passaram a receber recursos de um grupo de investidores locais. Orientados pelos financiadores, eles se juntaram a outra startup britânica e fundaram a Auctomatic, que em 2008 foi vendida para a empresa canadense Live Current Media por mais de 3 milhões de euros. Na época, Patrick tinha 19 anos e John, 17 – e os dois já eram milionários. 

 

Foto: Kevork Djansezian / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 


O jornalista norte-americano Ryan Block começou a trabalhar como repórter de tecnologia no site Engadget em 2004, quando tinha 22 anos. Em 2007, foi promovido a editor-chefe e, em 2009, decidiu largar o emprego para criar sua própria empresa. Pegou um financiamento de US$ 550 mil e fundou o gadgt.com, fórum de discussão onde responde a uma infinidade de perguntas sobre celulares, tablets e notebooks, angariando milhares de seguidores. Aos 28 anos, sua fortuna já era estimada em US$ 30 milhões.

 

Foto: Craig Barritt / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Em 2008, o norte-americano Andrew Mason teve a ideia de fundar um site de compras coletivas. Nascia assim o Groupon, que rapidamente se tornou uma verdadeira febre em vários países, incluindo o Brasil. A empresa fez tanto sucesso que, aos 29 anos, Mason já acumulava uma fortuna estimada em US$ 600 milhões.

 

Foto: Johannes Simon / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Após uma longa batalha jurídica, o brasileiro Eduardo Saverin conseguiu comprovar sua participação na fundação do Facebook. Como resultado, ele se tornou dono de 5% das ações da empresa, que lhe renderam US$ 2,2 bilhões aos 27 anos.

 

Foto: Jason Kempin / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


O programador norte-americano David Karp criou o Tumblr em 2007 para ajudar as pessoas que desejavam compartilhar conteúdos on-line. Em pouco tempo o site já tinha milhões de usuários registrados e foi comprado pelo Yahoo em 2013, em uma negociação de US$ 1,1 bilhão. Com isso, Karp passou a ser dono de uma fortuna de US$ 190 milhões aos 28 anos.

 

Foto: Pool / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Sem sombra de dúvidas, a maior fortuna dos integrantes desta lista pertence ao norte-americano Mark Zuckerberg. O fundador do Facebook, rede social que conta com 1,4 bilhão de usuários em todo o mundo, é o 16º homem mais rico do mundo na lista da revista Forbes, com mais de US$ 33 bilhões.

 

Foto: Justin Sullivan / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 


O brasileiro Mike Krieger foi um dos fundadores do Instagram, ao lado do norte-americano Kevin Systrom. Em 2012, o aplicativo foi comprado pelo Facebook por mais de US$ 1 bilhão, fazendo com que o patrimônio de Krieger, que tinha 26 anos, saltasse para mais de US$ 100 milhões.

 

Foto: Paul Zimmerman / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 


A norte-americana Sophia Amoruso tinha apenas 22 anos em 2006, quando criou uma página no eBay chamada Nasty Gal para vender roupas, sapatos e acessórios vintage para mulheres. Em pouco tempo, o eBay ficou pequeno para o negócio e Sophia lançou seu próprio site de e-commerce. Em 2012, quando a empreendedora completou 28 anos, sua empresa já registrava um faturamento de US$ 100 milhões e contava com mais de 500 mil clientes em 60 países.

 

Foto: Kimberly White / Getty Images

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


O norte-americano Drew Houston se formou em ciência da computação e tentou tirar a sorte grande lançando algumas startups. Mas o tiro certeiro só viria mesmo com a criação do Dropbox em 2008, quando ele tinha 25 anos. Hoje a empresa está avaliada em mais de US$ 1 bilhão, o que coloca seu fundador com folga em nossa lista.

 

Foto: Tristan Fewings / Getty Images

 

Fonte: PrimaPagina
Publicidade
Publicidade