10 eventos ao vivo

Tire suas ideias dos livros e empreenda na prática

Podcasts estão cada vez mais no dialeto dos Brasileiros. Um deles que foi ao ar em 2016 acabou se tornado referência em resumos de livros.

10 dez 2020
00h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os podcasts têm se tornado cada vez mais relevantes no mundo do empreendedorismo. A oratória tem se tornado uma das armas principais dessa tendência.

Um dos podcasts de maior destaque é o ResumoCast e seus conteúdos foram baixados mais de 20 milhões de vezes e já inspiramos muitos empreendedores a saírem da inércia e iniciarem seus próprios negócios. Diz Gustavo Carriconde, um dos fundadores do canal.

Negócios de sucesso são a consequência natural de empreendedores que conseguiram desenvolver determinadas competências críticas. Sendo os livros de negócios e autodesenvolvimento uma fonte inesgotável e riquíssima de histórias, cases, métodos e ferramentas para o aperfeiçoamento do aspirante a founder (nome dado ao empreendedor que inicia uma startup). 

Dessa forma o surgimento de um ecossistema de aceleração de negócios dentro do ResumoCast vem para proporcionar a infra estrutura operacional e tangibilizar a difícil tarefa de "tirar as ideias dos livros" e empreender com lucidez. 

Foto: The Speaker

Porque startups são relevantes no cenário atual?

Startups se diferenciam de negócios tradicionais pois adotam uma metodologia de experimentação e constante modificação de estratégias até que seja encontrado um modelo sólido de negócio.

"Não se resolvem problemas novos com velhas abordagens"

Em meio ao caos causado pela pandemia do COVID 19, por exemplo, abalos estruturais na sociedade modificaram a maneira como nós compramos coisas, socializamos, investimos em horas de lazer e até mesmo nos educamos. 

Diante dos novos desafios a abordagem experimental das startups parece mais adequada para criar soluções de tele-entrega, ensino a distância, videoconferências ou atendimento médico remoto. 

Outro fato a se destacar é que as taxas de juros. Para quem estava acostumado com renda fixa e aplicações seguras, elas estão em baixas históricas. O que leva quem tem recursos a procurar alternativas de investimentos mais arriscadas como colocar parte de seu capital em uma startup que pode vir a se tornar um unicórnio. Em outras palavras, para manter um bom retorno de seu portfólio, o investidor brasileiro das próximas décadas também terá que se educar e aperfeiçoar determinadas competências críticas e aumentar o seu "apetite" por risco. 

Quem se agrada muito com a mudança no perfil dos investidores são as startups, que podem se deparar com uma abundância de capital de risco disponível pronto para serem investidos na validação dos seus negócios inovadores.

Quais as vantagens de acelerar negócios em "batches" de empreendedores?

Foto: The Speaker

Batches são grupos de equipes de startups que participam de um mesmo programa, online ou presencial. Diferente de negócios tradicionais, o oxigênio da uma startup é o crescimento rápido, e precisa ser mensurado criteriosamente.

Assista essa série de vídeos para entender como as startups utilizam a necessidade de crescimento como uma "pressão evolutiva" para encontrar modelos sustentáveis de negócios. Os founders de sucesso estão comprometidos e vendidos à ideia de crescer e não se apegam muito à ideia inicial que deu origem ao negócio.

O crescimento é quem vai dizer se os fundadores da startup estão fazendo as coisas certas nos seus negócios ou não. Imagine uma equipe que está tentando lançar uma plataforma online de tele-entregas, em um programa de aceleração ela vai precisar explicar a sua estratégia e expor métricas de crescimento como quantidade de perfis criados no aplicativo, crescimento na receita ou número de interações por semana. 

No livro "De Onde Vem as Boas Ideias" de Steven Johnson, existe um capítulo dedicado à explicação do conceito de SERENDIPIDADE, que são descobertas aparentemente casuais mas que em um programa de aceleração são muito comuns devido à liquidez de informações, feedbacks, e insight que os próprios empreendedores tem ao praticar os rituais de explicar os seus negócios para outras pessoas.

Nenhum modelo de negócios problemático sobrevive a um programa de 12 semanas intensas onde os founders terão que metrificar e expor os seus números de crescimento, isolar os desafios que os impedem de crescer e tomar críticas decisões.

Aceleração de negócios é um choque para qualquer empreendedor pois ele de depara com a dura realidade dos problemas da sua ideia de negócios, e se o modelo não pára em pé, ele será forçado a tomar a decisão de abortar ou pivotar (mudar).

Um ecossistema criado para tirar ideias do papel e empreendedores da inércia

Foto: The Speaker

O ResumoCast For Startups se propõem a ajudar os ouvintes de um podcast a tirarem as ideias dos resumos dos livros e colocar em prática no formato de startups. 

São diversos programas que acontecem ao longo do ano sendo que alguns deles não tem custo nenhum para as startups participantes.

Além de encontros com a equipe do ResumoCast as startups selecionadas têm acesso a mentorias one-on-one, workshops com parceiros, treinamentos de pitch, implementação e acompanhamento  da gestão por OKRs e exposição na comunidade do maior podcast de livros para empreendedores do Brasil.

Geralmente ao término dos programa um grande evento acontece, o DemoDay, onde os times graduandos fazem o seu pitch ao vivo para uma banca muito especial de juízes e ganham visibilidade para futuras conexões com parceiros, clientes e investidores.

Fonte: resumocast.com.br/forstartups

 

Veja também:

Decreto de Bolsonaro obriga postos a informar composição de preços de combustíveis
The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade