PUBLICIDADE

Roteiro de palestra pronto em 6 passos!

Tem uma apresentação para fazer, mas está nervoso e não sabe por onde começar? O melhor que você tem a fazer é criar um roteiro de palestra.

9 mar 2022 22h35
| atualizado em 21/3/2022 às 12h00
ver comentários
Publicidade

Através dele você pode organizar todo o seu discurso, mapear os pontos de interação e treinar de acordo com o seu tempo disponível.

A roteirização é uma técnica muito utilizada por inúmeros palestrantes, principalmente os que já são famosos, para garantir uma palestra de qualidade que gere identificação com as pessoas e permita trocas interessantes entre você e o público.

Quer saber como montar o seu roteiro? Veja a seguir! E tenha uma excelente leitura.

Foto: The Speaker

1. Adapte sua palestra ao ambiente

Primeiramente, é muito importante que você saiba o local onde você dará sua palestra para que você possa se organizar em relação ao espaço disponível e às interações ao longo da apresentação. Muitas vezes, o tipo da palestra não está adequado ao local, e isso requer ajustes para melhorar a fluidez da apresentação.

Em um ambiente maior, com uma disposição de assentos na vertical, a interação com o público não será favorecida. Por isso, é importante pensar em adaptações e incluí-las no seu roteiro.

Além disso, não deixe para conhecer o ambiente em cima da hora, pois isso pode prejudicar bastante sua apresentação.

2. Foque no seu público para criar o roteiro de palestra

Com o local já definido e conhecido, chegou o momento de prestar atenção no seu público, pois cada tipo de grupo requer um tipo de linguagem e exemplos de identificação diferenciados.

Cada grupo tem suas prioridades, necessidades e dores, e o palestrante precisa conhecê-las antes de iniciar sua palestra para que sua fala não se torne algo irrelevante. Um público mais jovem tem anseios diferentes do que um público mais sênior, por exemplo.

Além disso, a linguagem também deve ser adaptada para cada tipo de público, pois existem expressões que pertencem a um tipo de plateia e que podem não ser adequadas para outros grupos, e isso deve ser considerado na hora de criar seu roteiro de palestra.

3. Inteligência no uso de recursos visuais

O uso de recursos visuais como slides pode ser interessante, mas eles devem ser utilizados com sabedoria, pois a palestra não deve parecer uma aula. Em um slide repleto de informações, a atenção de todo o seu público estará voltada para elas e você será esquecido.

Por isso, se quiser utilizar recursos visuais utilize-os com sabedoria e inteligência de forma que agreguem informações ao que você está falando e não ao contrário para não prejudicar o andamento da sua palestra.

Se preferir não usar os slides na sua apresentação, utilize vídeos e fotos que agreguem valor à sua apresentação. Um vídeo por exemplo de 1 minuto pode permitir uma interação bacana com seu público, além de trabalhar com as emoções.

4. Tenha objetivos definidos

Através da sua palestra, quais são os objetivos que você precisa alcançar? É motivar equipes, ajudar pessoas, melhorar a produtividade, obter reconhecimento? Você precisa definir quais serão os objetivos trabalhados ao longo da sua fala para mensurar os resultados obtidos.

Na hora de pensar no roteiro da palestra responda às perguntas de forma que elas sirvam como orientação para guiar sua estrutura de discurso. Todo o seu conteúdo deve ser direcionado para alcançar as metas traçadas.

5. Treine abordagens mais técnicas em seu roteiro de palestra

Em algumas palestras, você pode lidar com um público mais experiente e de um mercado mais específico do que está acostumado. Por isso, é importante você estudar um pouco sobre o vocabulário da área e entender as nomenclaturas utilizadas no dia-a-dia de forma que faça sentido o uso ao longo da sua palestra.

Conhecer alguns sinônimos para os termos e até mesmo palavras rotineiras pode ajudar na hora de fazer sua palestra, caso algum termo “fuja” da sua mente.

6. Busque por ajuda de outras pessoas

Em cada palestra tenha o costume de revisar todo o material que será apresentado, desde termos técnicos, ortográficos, gramaticais, estruturais, locais, entre outros.

E para que todas as atividades não fiquem focadas em você, busque por auxílio de outras pessoas, forme uma equipe que te acompanhe e dê suporte ao longo da organização da sua palestra.

Fonte: https://thespeaker.com.br/roteiro-apresentacao/

The Speaker
Publicidade
Publicidade