8 eventos ao vivo

Pausa - tudo o que ela pode fazer na sua apresentação

Vocês conhecem o ditado “se a palavra é de prata, o silêncio é de ouro”? Pois bem, no mundo da oratória, esse ditado tem bastante razão.

9 out 2017
07h29
atualizado às 09h15
  • separator
  • comentários

Olá, Speakers! Tudo bem? 

Vocês conhecem o ditado “se a palavra é de prata, o silêncio é de ouro”? Pois bem, no mundo da oratória, esse ditado tem bastante razão. Afinal, o silêncio – ou seja, a pausa – é uma ferramenta poderosa na hora de falar em público. 

Usar pausas de maneira consciente e empregar o poder do silêncio é uma forma de melhorar suas apresentações. As pausas têm inúmeras funções durante um discurso: servem como um momento de reflexão, aumentam o grau de emotividade, dão um tempo para que as pessoas assimilem o que foi dito e muito mais... 

Para começar a nossa conversa de hoje, separamos três funções principais que as pausas exercem nas apresentações. Veja só: 

1. Separam as seções principais da sua palestra 

Os ouvintes de uma apresentação precisam de um tempo de descanso entre um bloco de informações e outro. Isso porque o nosso cérebro tem um limite para o armazenamento de informações em um curto período de tempo. Se esse limite não é respeitado, as pessoas deixarão de prestar atenção ou terão mais dificuldade de assimilar o conteúdo.  

As pausas servem como um “recreio” para a plateia. Obviamente, são pausas curtas, de (bem) menos que um minuto. Mas, para o cérebro, é bastante útil. É esse o tempo que as pessoas precisam para recuperar as energias e voltar a assimilar novos dados e ideias. 

Da mesma forma, a mente dos comunicadores também necessitam um descanso. Quando você pausa, pode desfrutar desse tempo “em off”.  

Os melhores momentos para inserir as pausas são:  

A. entre a introdução e o corpo da apresentação 

B. entre cada ponto principal do desenvolvimento 

C. antes da conclusão. 

Pausas em cada um desses lugares dizem ao público: "Aqui vem algo novo", e, de fato, permite que eles pressionem o botão “redefinir” em seu cérebro. Portanto: não tenha medo de usar silêncios entre as partes mais importantes do seu discurso, ok? 

2. Fazem com que as informações fluam 

Falar em público pode nos deixar ansiosos, nervosos e até um pouco apreensivos, não é verdade? E toda essa mescla de sentimentos faz com que falemos muito rápido, atropelando dados e informações. 

Nessa hora, nada melhor que uma boa pausa, amigos Speakers! As pausas nos dão o tempo necessário para respirar, tomar fôlego e reencontrar um ritmo favorável para seguir falando e transmitindo nossas ideias da melhor forma.  

Tente sempre incluir pausas nas suas apresentações. Assim, você combate as consequências do nervosismo e garante um maior equilíbrio, certo? 

3. Funcionam como transições 

 Um dos grandes desafios dos bons comunicadores é criar transições naturais e orgânicas em suas apresentações. Muita gente opta por avisar ao público que está prestes a vir uma transição, dizendo algo do tipo: “agora, vou passar a falar sobre isso ou aquilo”.  

Esse é um recurso que pode dar certo, mas uma pausa com silêncio soa mil vezes mais natural. Quando você usa uma pausa, o público automaticamente entende que algo novo está por vir. Portanto, não é necessário usar palavras para avisá-los dessa mudança.  

O Poder do Silêncio 

Usando pausas na apresentação
Usando pausas na apresentação
Foto: Digital Dealer

Quando bem usado, o silêncio pode ter o poder de um trovão. Há momentos, de fato, em que o silêncio programado tem maior poder de despertar admiração do público do que mil palavras. 

Ao usar o silêncio, estamos dando à nossa apresentação um tom mais emotivo, mais humano. E isso, consequentemente, aumenta o grau de empatia que o público sente por nós.  

Pense bem: a própria natureza nos ensina o poder do silêncio. Você, com certeza, já ouviu a expressão "A calma antes da tempestade", não é mesmo? Bom, nas apresentações em público, essa “calma” tem o mesmo poder: indicar que algo importante está por vir.  

Então por que deixar que uma informação essencial que você está prestes a transmitir passe despercebida é possível ressaltá-la com uma pausa?  

Além disso, o silêncio tem outro poder importantíssimo: fazer com que você fale como um líder.  

É isso mesmo, Speakers! Um bom líder também deve saber quando se calar, quando esperar e, principalmente, como dar enfoque a uma informação. Se você usa as pausas, o seu público entende que você tem o domínio sobre tudo o que acontece na apresentação e, logo, te reconhece como um líder.  

Seja o orador que oferece uma apresentação bem-sucedida, com pausas freqüentes e refrescantes. Seu público, assim, não valorizará apenas o seu conteúdo, mas sua credibilidade, confiança e eficiência! 

Se você quer aprender mais sobre o silêncio e as pausas nas apresentações, podemos continuar falando sobre isso em um de nossos cursos. A The Speaker oferece cursos online e presenciais: é só escolher o seu e se matricular agora mesmo!  

A The Speaker sabe que você tem algo importante a dizer. Por isso, queremos auxiliá-lo a transmitir suas ideias de uma forma cada vez melhor e mais inspiradora! Te esperamos!  

Fonte: https://www.thespeaker.com.br/

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade