1 evento ao vivo

O que fazer ANTES de uma apresentação em público?

Pensar no que vai fazer antes da apresentação pode ser tão importante quanto a própria apresentação. Confira!

11 dez 2017
10h13
  • separator
  • comentários

Olá, Speakers! Como vocês estão? 

Passamos muito tempo conversando sobre o que fazer DURANTE uma fala em público e, às vezes, nos esquecemos de dar a devida atenção ao que fazer ANTES de nos apresentarmos.  

Não se enganem: os momentos que antecedem uma grande apresentação são muito importantes e há uma série de fatores que devem ser considerados para garantir que tudo esteja ok quando o grande dia chegar.  

É preciso estar atento à alimentação, ao preparo físico, à pesquisa teórica, aos itens técnicos e muito mais. Tudo isso ANTES da apresentação.  

Pensando nisso, decidimos conversar um pouco sobre esse tema e destacar algumas atitudes simples (mas essenciais) que devemos adotar antes de uma apresentação. Confira!  

Foto: Google Content

Ensaiar, ensaiar e ensaiar mais um pouquinho 

Se você quer uma apresentação realmente bem feita e inspiradora, só há um caminho: ensaiar! 

Muita gente pensa que as apresentações mais brilhantes da história nascem a partir de uma dádiva ou algo transcendental, como se falar em público fosse uma questão de sorte, de nascer sabendo.  

Na verdade, os comunicadores mais eficazes passam horas ensaiando as suas falas porque já entenderam que falar bem em público é uma habilidade e, logo, é conquistada através de muito trabalho.   

Um dos maiores exemplos sobre isso é Steve Jobs. Jobs passava horas ensaiando as suas falas. Alguns especialistas, como Carmine Gallo, dizem que Jobs encarava as suas apresentações como se elas fossem um grande espetáculo e que, por isso, dedicava muito tempo ensaiando cada detalhe.  

A professora de psicologia da Universidade da Pensilvânia, Angela Duckworth, ensina que o talento sozinho não é suficiente. Os grandes empreendedores combinam paixão e perseverança. "Nosso potencial é uma coisa. O que fazemos com isso é o que importa”, diz. 

Aprenda com os mestres e, se ainda não tem esse costume, passe a ensaiar suas apresentações. Uma boa dica é gravar a sua fala e ouvi-la, identificando erros e acertos e garantindo que tudo esteja da forma como você deseja! 

Quantas vezes devo praticar minha apresentação? 

“Ok, Lívia. Já entendi que devo ensaiar minha apresentação, mas quantas vezes são necessárias para garantir um bom desempenho?” A resposta para essa pergunta depende de muitos fatores, como a sua disponibilidade e o nível de complexidade do tema que será abordado por você. 

Carmine Gallo, um dos grandes ícones da comunicação atual, conta que, em algum momento, conheceu um famoso orador da TEDx que praticou sua apresentação cerca de 200 vezes, ao longo de um período de três meses.  

Se você tem esse tempo e esse ânimo, ótimo. Mas não se esqueça: às vezes, um ensaio bem feito vale muito mais que muitos ensaios sem planejamento.  

Gallo costuma falar sobre "o poder mágico de 10 ensaios". Por essa “regra”, se você pode praticar sua apresentação em voz alta por pelo menos dez vezes, automaticamente se sentirá mais confiante, seguro e entusiasmado com a sua apresentação. 

A grande questão, Speakers, é saber aproveitar cada ensaio ao invés de se preocupar por quantos ensaios você fez ou deixou de fazer. Sempre que praticar a sua fala, esteja concentrado, encarando esse momento como se já fosse a apresentação real.  

Por exemplo: se, durante um ensaio, você cometer algum erro, continue. Se deseja substituir algo em sua apresentação, como uma imagem em um slide, por exemplo, anote isso e continue falando. Imagine que há muitas pessoas na plateia escutando a sua voz e que você não pode simplesmente interromper a sua apresentação e começar do zero.  

Se fizer isso – encarando o ensaio com a mesma seriedade de uma apresentação –, com certeza, não terá surpresas ruins na hora de falar em público. Obedeça a regra dos 10 ensaios de Carmine Gallo ou siga a sua própria intuição: o importante é ensaiar!  

Além de ensaiar, o que devo fazer antes de me apresentar em público? 

Agora que já sabemos – e entendemos – o quanto ensaiar é importante, vamos falar sobre outros cuidados e técnicas que nos ajudam antes das apresentações.  

- Dê atenção à sua alimentação 

Comer comidas muito pesadas antes de uma apresentação em público não é uma boa ideia, já que elas provocam sono e podem atrapalhar (e muito!) a sua concentração. 

Sendo assim, opte por comidas mais leves e saudáveis e evite alimentos gordurosos. Se estiver nervoso, escolha sucos naturais, como de maracujá ou limão. Com o corpo mais leve, a sua mente vai trabalhar melhor e você se sentirá disposto e animado na hora de conversar com as pessoas e defender suas ideias! 

Uma boa dica é evitar bebidas energéticas, como café ou refrigerantes. Essas bebidas, famosas por ajudarem a aumentar o foco e a concentração, podem ser grandes inimigas: elas aumentam os níveis de estresse e atrapalham o seu raciocínio! 

- Confira equipamentos, cabos e computadores 

Se você pensa que a parte técnica é responsabilidade apenas dos produtores do evento, está bastante enganado. Você, como comunicador, também tem a sua parcela de culpa se algo der errado e, na verdade, no fim das contas, será o mais prejudicado se isso acontecer. 

Chegue ao local da apresentação com antecedência e confira os equipamentos, microfones, cabos e computadores. Além de garantir que nenhuma falha técnica interrompa a sua fala, você terá uma preocupação a menos e, logo, se sentirá mais confiante!  

- Não se deixe levar pela ansiedade 

Falar em público pode ser bem difícil para muitas pessoas. Quando estamos nervosos, temos a tendência de desperdiçar horas do nosso dia pensando em tudo que poderia dar errado na apresentação.  

Se isso acontece com você, tome cuidado! Não deixe que o nervosismo estrague toda a sua preparação. Procure se distrair, pensar em outras coisas, assistir a um bom filme. Com a consciência tranquila de ter feito a sua parte, será mais fácil descansar. 

Bom, já sabemos: as etapas que antecedem uma apresentação em público são muito importantes. De agora em diante, encare os ensaios com mais seriedade e não descuide da sua saúde, alimentação e equilíbrio!  

Fontes: 

www.thespeaker.com.br  

http://www.carminegallo.com/essential-least-10-times-giving-presentation/ 

  

The Speaker

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade