0

O discurso ideal para cada tipo de evento

Neste artigo, vou falar um pouco mais sobre alguns dos principais eventos e quais os discursos mais apropriados para cada um deles!

17 dez 2018
07h00
  • separator
  • comentários

Ser convidado para fazer um discurso é um motivo de muito orgulho, afinal, independente de qual seja a ocasião (casamento, formatura, confraternização na empresa ou na família), esse convite demonstra que você é especial e que os outros querem ouvir o que tem a dizer.

No fim do ano, surgem uma série de eventos. Para todos eles, há algumas regras que devem ser seguidas para que se possa planejar um bom discurso. No entanto, além dessas técnicas aplicadas de um modo geral, cada ocasião tem suas especificidades e exige um discurso também específico.

Neste artigo, vou falar um pouco mais sobre alguns dos principais eventos nos quais é comum ter discurso e como se preparar para cada um deles. Você foi convidado para discursar neste fim de ano? Saiba o que cada evento pede do seu orador!

Foto: Shutterstock

Como fazer um bom discurso de modo geral?

Como eu disse no começo deste post, há uma série de técnicas e passos para fazer um bom discurso e essas técnicas se aplicam às mais variadas ocasiões e eventos.

Podemos separar três como as principais, sendo elas:

Faça um roteiro para o seu discurso;
Pratique o seu discurso com antecedência (e em voz alta);
Não deixe de dar atenção à sua linguagem corporal;

Todos esses três aspectos são essenciais para um bom discurso. Por isso, faça um roteiro delimitando tudo o que você quer falar e, em seguida, trate de praticar o seu discurso em voz alta, identificando equívocos e o que ainda melhorar. Durante as práticas, pense também em sua linguagem corporal, nos gestos e na sua postura.

A seguir, veremos as especificidades de cada tipo de discurso segundo o evento.

Formaturas

Os discursos de formatura são alguns dos mais esperados. Geralmente, um dos estudantes é escolhido para ser o orador principal e é quem fará o discurso mais importante da noite.

Nesse tipo de discurso, uma técnica muito eficaz (e bastante usada nos Estados Unidos, onde os discursos de formatura costumam ser históricos) é a do presente-futuro.

Nessa técnica, o orador fala de contextos como são agora e como poderão ser no futuro. Por exemplo: “hoje, somos recém-graduados, amanhã, seremos profissionais ativos no mercado de trabalho...”. Essa técnica, embora simples, dá o tom de emoção necessário aos discursos de formatura.   

Casamentos

Os discursos de casamentos, geralmente feitos pelo padrinho e pela madrinha, costumam ser mais informais, apelando, inclusive, para o humor.

Na prática, um bom discurso de casamento é aquele que consegue emocionar os convidados e os noivos, ao falar sobre a trajetória do casal através do olhar amigo de quem provavelmente acompanhou toda a história.

É preciso, contudo, tomar cuidado para não exceder nas piadas ou nos assuntos mais íntimos. Por isso, brindes e discursos de casamento demandam uma boa dose de bom senso. Mas, não se preocupe: se você foi escolhido para o discurso do casamento de alguém, é porque tem o que falar e sabe como fazer isso!

Confraternizações na empresa

As confraternizações na empresa são momentos nos quais os colaboradores costumam celebrar mais um ano de trabalho e, muitas vezes, essas celebrações podem se tornar mais efusivas do que de costume.

Durante os discursos nesse tipo de evento, a prudência talvez seja a palavra central. Isso porque, nessas ocasiões, estão presentes colaboradores e seus chefes, que continuarão a ser seus chefes no ano seguinte.

Por isso, ao planejar um discurso de confraternização, pense com cuidado no que dirá. Uma dose de humor é sempre bem-vinda, mas esteja ciente de que, no seu público, estarão os líderes da empresa, ok?

Confraternizações em família

As confraternizações em família, por outro lado, são ocasiões menos formais. Ainda assim, nesse tipo de discurso, também é aconselhável ter prudência no que dizer, especialmente neste ano, quando a política acabou se tornando, em muitas casas, uma discussão ferrenha.

Durante o seu discurso nas confraternizações da família, tente falar de algo que seja interessante para todos, já que, em ocasiões desse tipo, costumam estar presentes pessoas de várias idades. Tente falar de uma forma emotiva, de um jeito que todos possam compreender.

Nessas ocasiões, ser honesto é sempre a melhor opção. Fale somente aquilo que você realmente sinta. Mas, lembre-se, as polêmicas e discussões não precisam estar presentes no seu discurso. Seguramente, há outros lugares e momentos para falar sobre elas. Pense nisso!

 

Fonte:

www.thespeaker.com.br

The Speaker

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade