9 eventos ao vivo

Gagueira: como uma pessoa com gagueira pode falar bem em público?

O tema de hoje tem tudo a ver com um dos três pilares da oratória: a voz.

14 out 2020
08h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Speaker! Como você está?

O tema de hoje tem tudo a ver com um dos três pilares da oratória: a voz.

Não sei se você sabe, mas eu sou formada em Fonoaudiologia e trabalhei por muitos anos em consultório, atendendo e ajudando pacientes a se expressarem melhor.   

Quando pensamos na voz, há alguns distúrbios ligados à fala, como a gagueira. A gagueira afeta a fluência com que uma pessoa se expressa verbalmente, já que causa a repetição involuntária de sílabas ou sons.

Quanto à oratória, a pergunta que fica é: como uma pessoa com gagueira pode falar bem? É o que falo na nossa conversa de hoje. Confira!

Como uma pessoa com gagueira pode falar bem em público?

A história do rei Jorge VI, que contrata Lionel Logue, um fonoaudiólogo, para lhe ajudar a superar a gagueira.
A história do rei Jorge VI, que contrata Lionel Logue, um fonoaudiólogo, para lhe ajudar a superar a gagueira.
Foto: Filme: O Discurso do Rei / Internet

Primeiro, vamos entender melhor o que é a gagueira.

Como eu disse ali em cima, a gagueira é considerada um distúrbio da fluência da fala, uma disfunção psicomotora. Ela se caracteriza principalmente pela repetição involuntária de sons ou sílabas ou de pausas involuntárias entre uma sílaba e outra.

A gagueira interfere no ritmo de fala e, dependendo da intensidade, pode, até mesmo, prejudicar a transmissão da mensagem, ou seja, o entendimento do que está sendo dito.

É importante compreender, também, as causas e possíveis tratamentos para a gagueira. Vejamos:

- Causas

A gagueira pode ser um fator genético (nesse caso, se manifesta logo na infância), pode ser a consequência de um trauma que gerou um estresse (o estresse pós-traumático) ou, ainda, um fator emocional.

Assim como a causas são diferentes, a gagueira não se manifesta da mesma forma em todos. Pode estar presente em distintos níveis de intensidade: desde os mais leves, que aparecem em situações de estresse, até os mais severos.

Esses últimos, os casos mais severos, podem requerer, além do tratamento com o fonoaudiólogo, um acompanhamento psiquiátrico ou até mesmo com um neurologista.

- Tratamento

Por falar em tratamento, é importante esclarecer que ele estará condicionado à causa da gagueira. Em razão disso, o primeiro passo será identificar a origem da gagueira. Dependendo do tipo de diagnóstico, o fonoaudiólogo determinará o tratamento, que nem sempre é algo simples.

E quanto à oratória?

Você se lembra da pergunta central deste artigo? “Tenho gagueira, como posso me comunicar bem em público?” Antes de mais nada, ressalto que o “falar bem em público” está ligado à voz, mas também ao conteúdo e à expressividade corporal.

Quanto à gagueira especificamente, meu conselho é ter os seguintes cuidados e ações:

- Fortalecer o componente emocional

O componente emocional sempre é determinante no falar em público e isso é ainda mais acentuado para quem sofre de gagueira.

Então, sabendo disso, o meu primeiro conselho é: encontre alternativas para ter maior estabilidade emocional. Sessões de terapia com um psicólogo, psicanálise, atividades físicas... o que ajude a fortalecer esse componente.

- Buscar o autoconhecimento

Quando identificamos um problema, uma dificuldade, podemos encontrar soluções de uma maneira mais rápida e assertiva e isso não é diferente para a gagueira.

Por exemplo: algumas pessoas com gagueira já sabem claramente em quais palavras ou sons costumam travar: na letra R, no P e B ou outras. E, ao saber isso, elas conseguem lidar e se preparar melhor para situações de exposição.

O uso de sinônimos é um bom exemplo quanto a isso. Muitas pessoas com gagueira possuem o hábito de substituir as palavras que, para elas, são mais difíceis. “Pretérito” por “passado” ou outras afins.

- Um treinamento em oratória

Fazer um curso de oratória também é outra ação importante para impulsionar a forma como uma pessoa com gagueira se comunica.  A razão? Ela precisa estar o mais segura possível e um treinamento será determinante quanto a isso.

E, mais: além de trabalhar a autoconfiança, também dará o embasamento necessário para aprimorar habilidades dos três pilares dos quais falamos aqui.

 

Ainda tem dúvidas quanto à gagueira e à comunicação? Entre em contato com a gente!

 

Fonte:

https://thespeaker.com.br/gagueira-como-uma-pessoa-com-gagueira-pode-falar-bem-em-publico/

Veja também:

Eldorado Expresso: Fome no Brasil
The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade