3 eventos ao vivo

Eloquência e curso de oratória: como aprimorar a sua habilidade de comunicação?

Dependemos diretamente da nossa habilidade de comunicação e persuasão. Saiba como aprimorá-las!

3 nov 2020
09h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Olá, Speaker!

Dependemos diretamente da nossa habilidade de comunicação e persuasão. Já é praticamente impossível ter dúvidas do quanto uma carreira é prejudicada quando há um déficit nessas competências.

Quando falamos em oratória, algumas características se destacam: assertividade, convencimento, persuasão e eloquência, por exemplo.

Mas o que é eloquência na prática? E o que essa característica tem a ver com a habilidade de comunicação? Veja a seguir e confira algumas técnicas para um discurso mais eloquente e expressivo.

Boa leitura!

Foto: Internet

Eloquência: o que é esse conceito na prática?

A palavra eloquência tem origem no latim: eloquentia.

Esse não é um conceito novo e, com o tempo, passou a ser usado em contextos distintos, mas sempre relacionado à capacidade de boa expressão, de boa comunicação.

Uma fala eloquente é aquela que tem clareza, assertividade, persuasão e fluência. De maneira geral, considera-se que eloquência é o poder de persuadir pela palavra. Esse conceito é um dos mais simples e, ao mesmo tempo, mais completos.

É importante ressaltar que, assim como acontece com a oratória, há, ainda, muitas pessoas que pensam na eloquência como algo nato, como um dom. Mas, não: ela não é um dom, é aprendida, praticada, desenvolvida.

Para desenvolver um discurso eloquente, é necessário ter: 

- clareza em expressar ideias e argumentos

- fluência em organizar a fala

- persuasão, poder de convencimento

Vejamos, a seguir, estratégias para desenvolver e aprimorar esses três pontos principais.

Como ter mais clareza para expressar e argumentar?

Para chegar a essa clareza, é preciso organizar o pensamento e a fala que dele se resulta. Quanto a isso, algumas técnicas são diferenciais, a saber, por exemplo:

1. Roteirização: escrever o tema central da sua fala e desenvolver esse grande tópico em tópicos menores. Isso permite identificar se todas as informações estão relacionadas entre si e se existe uma lógica por trás da sua mensagem. 

2. Mapa mental: o mapa mental é outra técnica eficaz quanto à ordenação de um discurso. Nela, o uso de palavras-chave e atribuições imagéticas facilitam a familiarização com o conteúdo.

Como desenvolver a fluência na fala?

A fluência da fala tem a ver com a espontaneidade, com a naturalidade com que logramos transmitir uma mensagem. Essa característica nasce da prática constante e da preparação para uma situação de fala específica.

Isto é: dedique um tempo para praticar antes de uma apresentação (reunião, entrevista ou afins). Quanto mais tempo você se dedicar para praticar em voz alta o seu conteúdo, mais se familiarizará com ele e melhor tende a ser a sua performance.

A persuasão: como ter mais poder de convencimento?

Chegamos, então, ao terceiro pilar da eloquência: a persuasão, o poder de convencimento. Se você já trabalhou para organizar a sua fala e ter fluência na transmissão da sua mensagem, já deu grandes passos para ser persuasivo.

“Como assim, Lívia?” Speaker, uma fala ou um discurso só conseguem ser convincentes se estão bem estruturados e se são transmitidos de uma maneira atrativa, natural.

Além disso, a maneira como você desenvolve a sua narrativa será central para lograr esse poder de persuasão. Como você consegue tocar na dor, no sonho da sua audiência? Saber isso é dialogar com ela da melhor maneira possível.

Eloquência e curso de oratória: um treinamento realmente potencia a sua comunicação?

Sim!

Uma vez mais, recorro ao exemplo da habilidade de conduzir um veículo. Uma pessoa que não foi orientada a dirigir terá muito mais dificuldades do que aquela que passou pela autoescola, não é?

Com a habilidade de falar bem, de ser eloquente, acontece o mesmo. Sem receber as instruções e ter o acompanhamento profissional necessário, será muito mais difícil aprimorar competências de oratória e aprimorar a própria comunicação como um todo.

Desse modo, um treinamento em oratória será um diferencial para trabalhar 3 pilares centrais: a mensagem, a expressão corporal e a expressão vocal. Ao fazer isso, aplicar as inúmeras técnicas e estratégias de comunicação será mais simples e eficaz.

Se você quer saber mais sobre treinamentos em comunicação, entre em contato comigo!

 

Fonte:

www.thespeaker.com.br

 

Veja também:

#DescomplicaMeuDinheiro: como fugir das dívidas em 2021
The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade