9 eventos ao vivo

É normal que a voz fique trêmula quando eu falo?

Algum de vocês já sentiu que a voz ficou trêmula em determinadas situações? Com muitas pessoas, isso acontece de forma recorrente.

14 nov 2018
07h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Oi, Speakers!

Algum de vocês já sentiu que a voz ficou trêmula em determinadas situações? Com muitas pessoas, isso acontece de forma recorrente.

Afinal, será que é normal que a voz fique assim quando falamos? Quais são os motivos que dão esse tremor à nossa voz? Existe alguma forma de solucionar esse problema?

Na nossa conversa de hoje, vou abordar esse assunto, que costuma ser a dúvida de muitos de nós. Vamos lá?

Foto: Shutterstock

Por que a voz fica trêmula em determinadas situações?

Para compreender por quais motivos a nossa voz fica trêmula em alguns contextos específicos, é preciso entender, antes, que a voz é um importante instrumento de comunicação.

Quando pensamos em comunicação, automaticamente fazemos referência ao conteúdo da nossa fala, à mensagem verbal que uma pessoa transmite para as demais. No entanto, a linguagem não-verbal também é um modo de se expressar, aliás, é um dos principais.

Sendo assim, a voz traz consigo as emoções que carregamos. Se estamos nervosos, tendemos a demonstrar esse nervosismo, mesmo sem querer, através da nossa voz. Em fato, um dos efeitos que a ansiedade tem é, justamente, o tremor na voz.

Por essa razão, a voz tende a ficar trêmula em certas situações, em que, geralmente, nos sentimos sob pressão, temos medo ou estamos desconfortáveis por alguma razão.

O medo de falar em público é, ainda, um problema presente na vida de muitas pessoas. E é exatamente por isso que ficar com a voz trêmula durante apresentações em público (ou outros tipos de situações de exposição de fala) é tão comum.

A voz trêmula pode prejudicar minha apresentação?

Infelizmente, sim. Como dissemos no tópico anterior, voz trêmula é um dos sintomas de nervosismo. Um pouco de nervosismo é comum e faz parte da vida dos comunicadores. Ainda assim, é preciso ter em mente a enorme importância de transmitir uma imagem de segurança para aqueles que estão na plateia.

Um comunicador com a voz trêmula, geralmente, não transmite essa confiança. Ao contrário, ao mostrar o próprio nervosismo, acaba gerando no público uma certa desconfiança em relação ao que está sendo dito.

Trabalhar a linguagem não-verbal, especialmente a voz, é uma forma de impulsionar a imagem que os outros têm de nós, aumentando, assim, as chances de que as pessoas valorizem o conteúdo da nossa apresentação.

Minha voz fica trêmula quando eu falo, e agora?

Trabalhar a autoconfiança é o primeiro passo para resolver esse problema. Pela minha experiência na The Speaker, aprendi que o medo de falar em público é, na verdade, despreparo.

Quando não nos preparamos devidamente para uma apresentação, ou se não aprendemos as técnicas de oratória, o nosso nervosismo tende a aumentar consideravelmente.

Por outro lado, ao receber as orientações necessárias e, a partir delas, conseguir aprimorar as habilidades de oratória, esse medo tende a diminuir. Com isso, os efeitos psicológicos do medo de falar em público, como, por exemplo, o suor excessivo e o tremor na voz, desaparecem com o tempo.

Ou seja: se você nota que a sua voz fica trêmula em situações de exposição de fala, dedique mais tempo do seu dia a dia para impulsionar sua comunicação pessoal. Com isso, a sua autoconfiança aumentará e você poderá se expressar de forma clara, livre de problemas como o tremor na voz.

Uma das técnicas para lidar com o nervosismo é praticar a sua apresentação. Fazer um roteiro com o que você quer abordar e, em seguida, treinar (em voz alta) o que você quer dizer. Ao se familiarizar com o seu próprio discurso, a situação de fala se tornará mais confortável e, por essa razão, a ansiedade será mais fácil de controlar.

 

Se você fica muito nervoso em apresentações em público, reuniões de trabalho, entrevistas de emprego e outras situações similares, pense na possibilidade de fazer um curso de oratória. Dessa maneira, além de aprender mais sobre técnicas de comunicação, receberá a ajuda necessária para lidar com seus medos.

Fale com a The Speaker e conheça nossos cursos!

Fonte: www.thespeaker.com.br

The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade