2 eventos ao vivo

Dificuldades para se expressar? Veja como estruturar ideias e ser mais assertivo

A sensação de querer falar sobre algo e não conseguir fazer isso da forma como gostaríamos é frustrante, mas não precisa ser assim.

3 abr 2019
07h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Olá, Speakers!

A sensação de querer falar sobre algo e não conseguir fazer isso da forma como gostaríamos é altamente frustrante e, infelizmente, acontece com muitas pessoas.

Aqui na The Speaker, nós acreditamos que todos têm algo bom para dizer: seus sonhos, suas ideias, seus projetos... E o que a gente mais gosta de fazer é ajudar as pessoas a falarem sobre isso da melhor maneira possível, conseguindo transmitir para os demais tudo o que desejam.

Você sente dificuldades para se expressar, seja no ambiente de trabalho ou no dia a dia? Existem algumas estratégias que ajudam a estruturar as ideias e ser mais assertivo na hora de se comunicar. Conheça essas técnicas neste artigo e comece a transformar o modo como se expressa!

Foto: Shutterstock

Pense e (planeje-se) antes de falar

A frase “pensar antes de falar” já se tornou tão comum, que parece algo óbvio, não é verdade? No entanto, quando nos referimos à oratória e, principalmente, à habilidade de estruturar raciocínio, ela ganha um aspecto diferente.

Se eu digo “pense antes de falar”, me refiro à enorme necessidade de dedicar um tempo para planejar a nossa fala antes de uma situação importante, como uma apresentação em público, uma reunião no trabalho, uma entrevista de emprego e até mesmo uma conversa delicada com algum amigo ou familiar.

É isso mesmo! O “pensar antes de falar” tem um conceito muito maior, ele significa deixar de supervalorizar o improviso e, ao contrário, investir na autoconfiança, criando um roteiro e pensando (e escrevendo, por que não?) o que você quer transmitir aos demais.

Utilize a StoryTelling para ter falas mais interessantes

Tão importante quanto ter algo bom a se dizer é saber fazer isso de uma forma interessante, não é? Quantas ideias excelentes foram deixadas de lado porque as pessoas não conseguiram falar sobre elas de um modo chamativo? Aposto que muitas!

Sendo assim, uma ferramenta que impulsiona um discurso – seja ele qual for e em qual situação de fala estiver inserido – é a StoryTelling ou, em português, o “contar uma história”.

Para transmitir suas ideias de uma forma estruturada e, mais que isso, interessante, inserir um personagem ou contar uma experiência própria enriquecem o que você tem a dizer, além de significar uma sequência lógica que ajuda a organizar o raciocínio de uma maneira mais natural.

Conheça a técnica do Mapa Mental

O Mapa Mental é uma das melhores ferramentas para estruturar raciocínio e pode ser utilizado em todas as situações de exposição de fala. Se você trabalha com vendas e quer impulsionar seus faturamentos, o mapa mental será útil. Se, por outro lado, você está desempregado e precisa se sair melhor nas entrevistas de emprego, essa técnica também é altamente eficaz.

Para criar um Mapa Mental, primeiro é necessário estabelecer o tema central abordado por você. Em seguida, o que se faz é subdividir esse tema em tópicos mais reduzidos, utilizando, para isso, palavras-chaves que sejam fáceis de se memorizar.

Com essas palavras-chaves bem definidas, será o momento de criar relação entre um tópico e outro para que seja mais fácil lembrar de cada um de uma forma que eles se relacionem entre si, sem mudanças abruptas de um assunto a outro.

Por fim, é interessante pensar em uma imagem para cada um dos tópicos, algo que se associe ao seu cotidiano, por exemplo. As imagens ajudam a espantar os temíveis “brancos” e dão mais confiança. Acredite!

Pratique!

Tanto se você for usar a técnica da StoryTelling como a do mapa mental (ou ambas), parte fundamental do processo de preparação para estruturar ideias é a prática. Pratique a sua fala quantas vezes for possível, se familiarizando com o tema e lapidando o que ainda precisa ser melhorado.

Subestimar a importância dessa prática prévia é um erro grave. Não se esqueça disso!

Invista em um curso de oratória para aprimorar suas habilidades

Para conhecer outras técnicas relacionadas à oratória e à comunicação e saber aplicá-las no seu cotidiano, a orientação de um profissional especializado no assunto é um grande diferencial.

Por essas e outras razões, fazer um curso de oratória é indispensável para quem tem dificuldades de se expressar e precisa impulsionar a forma como se comunica com os demais.

Dúvidas? Fale com a gente!

 

Fonte:

www.thespeaker.com.br

The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade