8 eventos ao vivo

Vai prestar concurso público?

Confira as dicas para ir bem na prova oral.

19 out 2017
14h38
atualizado em 20/10/2017 às 08h03
  • separator
  • comentários

Olá, Speakers!

Passar em um concurso público é o sonho de muita gente, não é verdade? Garantir uma vaga em um desses processos seletivos é uma forma de ter estabilidade, especialmente em momentos de crise, com os índices de desemprego em alta no país.

Grande parte dos concursos públicos inclui provas orais durante a seleção. Por isso, saber se comunicar bem é essencial. Pensando nisso – e sabendo que há muitos editais abertos nessa segunda metade do ano –, vamos falar um pouco sobre concursos e comunicação. Fique atento!

O Concurso DPU 2017, para o cargo de defensor, é um desses processos seletivos que exigem prova oral. A primeira etapa do concurso aconteceu no fim de setembro e as próximas acontecerão a partir de outubro. Se você é um dos classificados para a próxima etapa ou se pretende prestar concursos parecidos a esse, é preciso ir se familiarizando com o formato desse processo seletivo.

Como acontecem as provas orais do DPU 2017?

Foto: Sertões

 

As avaliações orais ainda não têm datas definidas no edital, mas sabemos que acontecerão após o resultado das provas dissertativas, que serão aplicadas nos dias 18 e 19 de novembro.

As avaliações orais do DPU são prestadas em sessão pública. Isso quer dizer que os candidatos serão avaliados na presença de integrantes de uma Banca Examinadora, que farão a análise das respostas e do conteúdo apresentado. Nesse momento, transmitir as ideias com clareza é fundamental, Speakers!

O tema que será cobrado de cada candidato nessa audição é definido por sorteio, na hora da apresentação. O membro da banca que for especialista no tema sorteado fará as perguntas. É importante lembrar que, no DPU 2017, estão previstas quatro provas orais e cada uma delas vale 25 pontos. 

O que será avaliado durante as provas orais do DPU 2017?

Assim como em outros concursos, a Banca Examinadora analisa uma série de questões na hora de avaliar os candidatos. Um erro muito comum, Speakers, é pensar que a Banca analisa apenas o conhecimento jurídico e ignora as habilidades de oratória e comunicação.

No DPU, além de analisar o nível de conhecimento jurídico dos candidatos, a Banca avalia também o conhecimento sobre linguagem e gramática. Ou seja: se você sabe todo o conteúdo jurídico da prova, mas não consegue empregar as normas gramaticais corretamente, pode perder pontos por isso.

A Banca também julga a capacidade de articular o raciocínio, verificando se o candidato consegue argumentar de forma contundente e fazer uso de um pensamento rápido, consistente e bem elaborado.

Speakers, os examinadores também prestam atenção na postura e na dicção dos candidatos, por isso, não deixe suas habilidades de oratória para segundo plano: pratique suas falas e esteja bastante atento à sua postura e à forma como usa a sua voz, ok?

Qual a importância da prova oral?

Bom, já sabemos que as provas orais somam, juntas, 100 pontos, não é verdade? Ao longo do processo, muitas vezes, é na audição que o candidato consegue garantir a sua vaga no concurso.

Para entender a importância das avaliações orais, é simples: tenha em mente que não adianta ir muito bem na prova escrita e falhar na prova oral. É preciso estar atento a essas duas etapas e dedicar o tempo para o estudo teórico e para a prática da oratória.

A preparação para concursos públicos pode ser bem pesada e exige uma alta carga horária de estudos. Por isso, procure elaborar uma rotina, deixando parte desse tempo reservado para treinar as suas habilidades de comunicação, evitando erros nas provas orais que poderiam colocar em risco a sua aprovação.

Como ir bem na prova oral?  

Já sabemos a importância da prova oral no DPU, certo? E também estamos cientes da necessidade de dominar as técnicas de oratória e comunicação. Então quais são os principais passos e caminhos para seguir e ser bem avaliado nas audições?

1. Pratique a sua exposição oral

Se você já estudou e sente que domina todo o conteúdo jurídico necessário, é hora de praticar isso em voz alta. Uma boa dica é fazer simulações de perguntas que podem ser cobradas para cada tema e, a partir disso, treinar suas respostas.

Decorar as falas não é o melhor caminho para uma boa apresentação, então procure ensaiar suas respostas, visualizando o que você deseja transmitir aos avaliadores da melhor forma possível. Quando você desenvolve suas respostas em voz alta, pode se ouvir, identificar erros e aspectos a melhorar (tanto no conteúdo quanto na oratória).

2. Saiba usar a sua voz

Você já sabe que a sua dicção será avaliada na prova oral, não é mesmo? Então passe a encarar a sua voz como uma espécie de instrumento. Para isso, esteja atento à velocidade em que você fala, ao volume e ao tom de sua voz e não tenha medo de usar as pausas.

Quando passamos por uma Banca Examinadora, é preciso garantir que seremos ouvidos e entendidos. Procure adotar um volume mediano, já que volumes muito baixos ou muito altos tendem a cansar os seus ouvintes.

Outro passo importante é variar o seu tom de voz de acordo com o conteúdo da sua fala, usando os silêncios como uma ferramenta para enfatizar determinados trechos de suas respostas e dando aos avaliadores o tempo necessário para assimilar as informações e argumentos.

3. Dê atenção ao seu corpo

Um erro muito comum é não dar o devido cuidado ao seu corpo, à alimentação e às horas de sono nos dias em que acontecem as provas – orais e dissertativas. Nesses dias, procure se alimentar com comidas leves. Além disso, tente dormir horas suficientes para garantir que sua mente não esteja cansada na hora da avaliação.

Ao contrário do que muitos pensam, bebidas energéticas, como o café, não são indicadas para quem precisa passar por uma avaliação. Essas bebidas aumentam o nervosismo, o que pode prejudicar (e muito!) o seu rendimento em frente à banca.

Agora que você já sabe da importância da comunicação na hora de enfrentar a banca, procure dar a atenção necessária para a sua desenvoltura oral. Com isso, toda a sua dedicação será recompensada! Boa sorte!

Fonte:

www.thespeaker.com.br

https://www.folhadirigida.com.br/concursos/dpu-2017-defensor/noticias

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade