6 eventos ao vivo

Como fazer uma boa estratégia de Copy?

O tema da nossa conversa de hoje, no entanto, é um pouco diferente, mas também se relaciona diretamente à comunicação.

3 fev 2020
08h00
atualizado em 4/2/2020 às 13h16
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Oi, Speaker! Tudo bem?

Se você acompanha as nossas postagens aqui no blog, já deve ter percebido que falamos muito sobre comunicação oral, ou, em outras palavras, sobre como desenvolver e aprimorar habilidades de oratória para ser um profissional melhor e se sair bem em todos os tipos de situações de exposição de fala.

O tema da nossa conversa de hoje, no entanto, é um pouco diferente, mas também se relaciona diretamente à comunicação (especificamente à oratória persuasiva) e ao crescimento profissional. Hoje, vamos abordar algumas estratégias de Copywriting (ou apenas Copy como se costuma dizer por aí).

Seja para a sua empresa, para a sua marca profissional ou até mesmo para seus perfis pessoais, compreender – ainda que minimamente – o que é o copywriting e quais são as técnicas mais eficientes quanto a esse assunto é fundamental. Por isso mesmo, te desejo uma boa leitura!

Foto: Shutterstock

O que é o Copywriting e o que tem a ver com oratória persuasiva?

Copywriting já não é um termo novo. Aliás, se fizer uma busca na web, encontrará uma infinidade de conteúdo sobre isso. O que você precisa saber sobre o Copy é que ele nada mais é do que um conjunto de estratégias direcionadas para a produção de conteúdo para web. Isso mesmo: é pensar em como produzir conteúdo (especialmente textos escritos) que serão divulgados na internet.

Mas não para por aí! O Copy tem uma função que o aproxima muitíssimo da oratória persuasiva: o grande objetivo das estratégias utilizadas em planejamentos de copywriting é convencer o leitor a concretizar uma determinada ação, como, por exemplo, a compra de um produto. Desse modo, os textos (copys) são super persuasivos e pensados segundo o CTA (Call to Action) que desempenham e, principalmente, o público-alvo ao qual se destinam.

Por que entender de Copy?

Mesmo que você tenha, na sua equipe de colaboradores, profissionais especializados em estratégias de comunicação, incluindo as de Copywriting, é de suma importância ficar por dentro do que é esse termo e no que consistem essas tais estratégias que o tornam eficazes.

Muitas vezes, falamos sobre as habilidades do futuro (que, na verdade, já são requisitos no presente) e, sem dúvidas, saber como “se comportar” na web está entre elas. Para um líder, manter o foco nos principais assuntos que interferem na sua empresa ou empreendimento é fundamental. E o marketing de conteúdo, incluindo o Copy, faz uma enorme diferença para o sucesso ou insucesso de um negócio, marca e/ou ideia.

Como fazer uma boa estratégia de Copy?

Já sabemos o que é o Copy e por quais motivos é importante entendê-lo, mas como fazer uma boa estratégia? Veja alguns cuidados e dicas:

- Conheça o seu público-alvo

Todas as decisões que você tomar para a sua estratégia de Copy devem passar pelo seu público. O que isso quer dizer? Oras, que é preciso conhecer esse público e saber o que pode ser mais ou menos eficaz para chegar até as pessoas que dele fazem parte.

Por isso mesmo, antes de mais nada, defina o seu público-alvo e trate de conhecer o perfil que o compõe. Muitos definem esse público como a “persona” à qual se destina o copy, considerando dados, como idade, profissão, entre outros.

- Crie uma conexão com o seu leitor

É claro que, para um bom copy, saber escrever bem é importantíssimo. No entanto, há uma diferença entre um bom conteúdo e um conteúdo que, além de bom, é eficiente para a persuasão de um público-alvo e consequente realização de um call to action.

Assim, mais que pensar em um bom conteúdo, é preciso planejar maneiras de criar uma conexão com o seu leitor, que aumente a confiança que esse leitor tem naquilo que você diz e que se inspire através disso.

Aqui, a Storytelling (da qual tanto falamos quando pensamos em bons comunicadores) é um diferencial. Afinal, ninguém resiste a uma boa história, não é mesmo?

- Dê atenção aos títulos

Os títulos dos textos são parte importantíssima do processo, já que são o primeiro contato com o leitor – que, por esse título, pode decidir seguir ou não a leitura, abrir ou não um link e por aí vai...

Títulos devem ser diretos e dizer, logo de entrada, do que se tratará o texto. Fazer uma pergunta ou, ainda, usar números para formar uma lista (“7 estratégias para perder o medo de falar em público”, por exemplo) costumam ser eficientes.

 

O copywriting tem uma lista extensa de ações e cuidados para um planejamento eficiente de marketing de conteúdo. Falamos sobre alguns dos mais básicos (e também mais importantes). Utilize-os em suas próximas postagens e conte para gente os resultados!

 

Fonte:

https://www.thespeaker.com.br/oratoria-o-guia-completo/

Veja também:

Black Friday: Guia dos melhores rótulos de vinhos
The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade