1 evento ao vivo

9 de Dezembro: Dia do Fonoaudiólogo!

Conheça a fononaudióloga que está revolucionando a profissão no Brasil.

9 dez 2017
11h36
  • separator
  • comentários

Olá, Speakers!

Hoje é o Dia do Fonoaudiólogo! Por isso, antes de mais nada, quero parabenizar a todos esses profissionais e colegas, que, como eu, sentem que têm a missão de inspirar as pessoas a expressar-se bem! Parabéns!

Aproveitando essa data, na nossa conversa de hoje, falaremos um pouco sobre a fonoaudiologia e uma de suas vertentes, que trabalha diretamente com comunicação e oratória e tem crescido bastante nos últimos tempos. Gostaram da ideia? Então vamos lá!

O que faz um fonoaudiólogo?

Foto: Divulgação

Quando falamos em fonoaudiólogos, muita gente pensa imediatamente naquelas pessoas que trabalham com crianças pequenas, ajudando a superar alguma dificuldade de falar ou pronunciar determinadas palavras ou sílabas, certo?

Essa é, realmente, uma das áreas de atuação dos fonoaudiólogos – e que tem uma importância muito grande no desenvolvimento dos pequenos e pequenas –, mas existem outros campos e habilidades desenvolvidas por esses profissionais.

Vocês sabiam que alguns cantores (muito mais do que pensamos, na verdade) recorrem ao auxílio de fonoaudiólogos? Da mesma forma, atores, comediantes e radialistas também fazem esse tipo de acompanhamento, já que são pessoas que trabalham diretamente com a oratória e precisam ter uma pronúncia impecável.

Celebridades de outras áreas, como jogadores de futebol, que têm que lidar com entrevistas e falas em público, também costumam pedir a orientação de fonoaudiólogos. Viram como os campos de atuação são muitos e diversos?

A fonoaudiologia também abrange outros aspectos da comunicação, como a linguagem escrita, a fala e a audição, além de diagnosticar e tratar problemas relacionados à respiração e mastigação.

Fonoaudiologia e oratória: o que uma coisa tem a ver com a outra?

A fonoaudiologia é uma profissão da área da saúde, mas isso não diminui a proximidade dessa atividade com a oratória e a comunicação. Como conversamos ali em cima, uma das habilidades dos fonoaudiólogos é auxiliar pessoas com problemas de fala e dicção, não é verdade?

Por muito tempo, essa relação entre fonoaudiologia e oratória era destinada apenas a pessoas que têm alguma restrição ou desvio na fala, como gagueira, disartria (dificuldade em articular palavras corretamente) e outros problemas.

Hoje em dia, a fono e a comunicação fizeram um casamento perfeito e, cada qual à sua maneira, trabalham juntas para auxiliar comunicadores, apresentadores e profissionais que têm que lidar com falas e apresentações em público. Essa união entre as duas áreas é o que inspirou a The Speaker, única empresa com foco exclusivo de treinamentos bilíngues do Brasil.

Quando fonoaudiologia e comunicação trabalham juntas: a história da The Speaker

Se você já acompanha a The Speaker, provavelmente sabe que eu, além de comunicadora, sou fonoaudióloga. Quando fui apresentar o meu TCC, ainda na faculdade, descobri o que muitos têm: um grande medo de falar em público!

E então, nesse momento, o medo de falar em público despertou em mim a empatia por todos os que vivenciam o mesmo, especialmente no universo corporativo. E, junto a isso, tinha uma grande vontade de ajudar essas pessoas a superar esse medo, como eu fiz.

A The Speaker nasceu do meu encantamento pelo mundo corporativo, que me levou a especializar nesse tipo de comunicação, e da vontade de tornar a (boa) oratória acessível para as pessoas e fazer com que falar em público deixasse de ser um pesadelo!

Pensando nisso tudo, fui estudar nos Estados Unidos, na tentativa de descobrir mais sobre essa nova vertente da fonoaudiologia e uni-la à comunicação. Mais especificamente, à comunicação corporativa.

Quando vou às empresas para algum curso ou acompanhamento, faço isso utilizando as técnicas dessa nova vertente da fonoaudiologia. Assim, consigo apresentar ferramentas que auxiliam as pessoas a comunicarem seus sonhos, suas opiniões e ideias sem medo.

Algumas dicas da fonoaudiologia para melhorar a oratória

Para entender a grande importância da fonoaudiologia na vida de todo comunicador, temos que compreender também que a voz é um instrumento que influencia bastante na oratória.

Pela voz, transmitimos confiança ou insegurança, simpatia ou antipatia, medo ou coragem. A forma como falamos – e isso envolve o volume, o tom, a velocidade e muito mais – está relacionada à maneira como somos percebidos e, mais importante que isso, como nossa mensagem é transmitida.

A união entre fonoaudiologia e comunicação vai muito além dos exercícios para melhorar a dicção, mas eles podem ser um bom começo para conhecermos essa vertente. Separei alguns desses exercícios. Confira!

1. Relaxando a voz

Quando nos apresentamos em público, queremos transmitir confiança, certo? Uma boa maneira de fazer isso é relaxando a voz (já que ela é um “espelho” sobre nós mesmos). Para isso, algumas técnicas de nasalização são bastante positivas. Um bom exemplo é a técnica da abelha: apoie dois dedos sobre o nariz e imite o som de uma abelha, sem abrir muito a boca. Essa vibração relaxa a sua voz e você!

2. Pratique a pronúncia das palavras

Uma das formas mais fáceis de perceber se alguém está nervoso é prestar atenção na pronúncia. Quando estamos inseguros, temos a tendência de abreviar as sílabas. Por isso, se você não quer deixar essa insegurança evidente, treine aquelas palavras que considera mais difíceis (ou que são palavras-chave no seu discurso). Uma boa dica é treinar as sílabas: MUÉ, MUI, MUA, PRA, TRA, CA, CHA, NHÁ, QUA, GUA, LHA e AS, US, ÔS...

3. Esteja atento à respiração

Uma respiração correta auxilia em vários aspectos: desde a dicção até ao alívio da ansiedade e nervosismo. Para garantir um ritmo adequado à sua respiração, existem alguns exercícios. Por exemplo: fique de pé, em boa postura, e inspire. Ao expirar, procure emitir o som do F. Depois faça o mesmo, mas com as letras S e M.

Bom, agora que você já conhece a relação entre fonoaudiologia e comunicação, será mais fácil perceber se precisa da ajuda desses profissionais. Se esse for o caso, nós, da The Speaker, ficaremos felizes em ajudá-lo! Te esperamos!

Fonte:

www.thespeaker.com.br

The Speaker

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade