PUBLICIDADE

Vice-presidente do BCE vê decisões sobre juros a cada três meses como melhor opção

18 jun 2024 - 09h12
Compartilhar
Exibir comentários

O vice-presidente do Banco Central Europeu, Luis de Guindos, disse nesta terça-feira que o melhor momento para tomar decisões sobre as taxas de juros é coincidir com a divulgação das projeções macroeconômicas atualizadas do banco.

A próxima atualização das estimativas econômicas está prevista para setembro.

O BCE reduziu sua taxa básica de juros em 25 pontos-base em 6 de junho, de um recorde de 3,75%, seu primeiro corte em cinco anos. Entretanto, aumentou as previsões de inflação e a presidente Christine Lagarde se recusou a confirmar que havia entrado em uma fase de "redução" da política monetária restritiva.

"As projeções são atualizadas a cada três meses, portanto, em breve teremos novas projeções em setembro", disse De Guindos à emissora estatal espanhola TVE.

"Esses são os momentos mais significativos e interessantes do ponto de vista da política monetária, porque nossas projeções são um indicador muito importante quando se trata de decidir a evolução das taxas de juros", acrescentou.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade