2 eventos ao vivo

Vendas da GM na China caem 43% com coronavírus reduzindo demanda

3 abr 2020
14h52
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As vendas de veículos da General Motors na China caíram 43,3% no primeiro trimestre de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado, informou a empresa nesta sexta-feira, com a pandemia de coronavírus reduzindo a demanda no maior mercado automotivo do mundo.

22/01/2019
REUTERS/Roosevelt Cassio
22/01/2019 REUTERS/Roosevelt Cassio
Foto: Reuters

A GM, segunda maior montadora estrangeira da China, entregou 461.716 veículos no primeiro trimestre, informou a empresa. A queda do primeiro trimestre segue o segundo declínio consecutivo nas vendas anuais em 2019.

A GM possui uma joint venture na China com a SAIC Motor que monta veículos das marcas Buick, Chevrolet e Cadillac. Também possui outro joint venture, a SGMW, com a SAIC e o Guangxi Automobile Group, que produz minivans e começou a montar carros de luxo.

As vendas da marca Chevrolet caíram 54,7% no último trimestre, enquanto as vendas da marca Wuling caíram 34,3%. As vendas da marca de luxo Cadillac caíram 40%.

A GM lançou um novo modelo elétrico da Chevrolet na China este ano e planeja oferecer motores de quatro cilindros em alguns modelos atualmente oferecidos apenas com motores menores.

Veja também:

Motociclista é atropelada por carreta após cair de moto na BR 467 em Cascavel
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade