PUBLICIDADE

USDA eleva previsão de safra de soja do Brasil e corta estimativa para milho

10 jun 2021 16h47
ver comentários
Publicidade

São Paulo, 10 - O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) elevou sua previsão para a safra de soja no Brasil em 2020/21, de 136 milhões para 137 milhões de toneladas. Analistas consultados pelo Wall Street Journal esperavam aumento de 200 mil toneladas, para 136,2 milhões de toneladas. Para a safra 2021/22, o USDA manteve sua projeção em 144 milhões de toneladas.

Quanto ao milho, o USDA cortou sua estimativa para a produção no Brasil em 2020/21 de 102 milhões para 98,5 milhões de toneladas. A expectativa do mercado era de uma redução para 97 milhões de toneladas. Em relação à safra 2021/22, a projeção ficou inalterada em 118 milhões de toneladas.

A previsão para a safra de soja da Argentina em 2020/21 foi mantida em 47 milhões de toneladas, enquanto o mercado esperava 46,5 milhões de toneladas. Para a safra 2021/22, a estimativa foi mantida em 52 milhões de toneladas.

Para o milho argentino, o USDA manteve sua previsão de 47 milhões de toneladas, enquanto analistas previam 47,1 milhões de toneladas. Para 2021/22, a projeção também ficou inalterada, em 51 milhões de toneladas.

(Com informações da Dow Jones Newswires)

Estadão
Publicidade
Publicidade