2 eventos ao vivo

Secretário do Tesouro dos EUA falou com vice-premiê da China, diz Wall Street Journal

13 nov 2018
07h13
atualizado às 07h37
  • separator
  • 0
  • comentários

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, retomou as discussões com o vice-primeiro-ministro da China, Liu He, com os dois conversando por telefone na sexta-feira, informou o jornal Wall Street Journal na segunda-feira citando fontes.

Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, na Casa Branca, em Washington 12/09/2018 REUTERS/Carlos Barria
Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, na Casa Branca, em Washington 12/09/2018 REUTERS/Carlos Barria
Foto: Reuters

A conversa não levou a nenhum avanço para resolver a disputa tarifária entre as duas maiores economias do mundo, de acordo com o jornal.

Um porta-voz do Tesouro dos EUA não respondeu imediatamente a uma pergunta sobre a reportagem.

O acontecimento se dá no momento em que o presidente da China, Xi Jinping, e o presidente dos EUA, Donald Trump, planejam se encontrar durante a cúpula do G20 na Argentina no final de novembro e início de dezembro.

Neste mês, após uma conversa por telefone com Xi, Trump disse acreditar que os Estados Unidos fará um acordo com a China sobre comércio, mas afirmou estar pronto para adotar mais tarifas sobre produtos chineses se nenhum progresso for feito.

Questionado sobre a reportagem acerca da ligação, e se os dois países estão se preparando para retomar as negociações, o ministro assistente do Comércio da China, Li Chenggang, disse a repórteres que durante o telefonema entre Xi e Trump ambos os lados chegaram a muitos consensos sobre a questão comercial.

"No momento, as equipes econômicas de ambos os países estão mantendo contato sobre colocar em vigor o consenso dos dois líderes", disse Li.

"Esperamos que esse trabalho, com os duros esforços de ambos os lados, possa alcançar um progresso positivo", acrescentou, sem dar detalhes.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade