5 eventos ao vivo

Resultado da Caterpillar supera estimativas com retomada de vendas na América do Norte

24 out 2017
13h47
atualizado às 15h06
  • separator
  • 0
  • comentários

A Caterpillar superou as estimativas de lucro e vendas de analistas de Wall Street, impulsionada pela forte demanda por seus equipamentos de construção na América do Norte e com vendas robustas na China.

Fileira de retroescavadeiras da Caterpillar em evento da indústria em Las Vegas, Nevada
09/03/2017
REUTERS/David Becker
Fileira de retroescavadeiras da Caterpillar em evento da indústria em Las Vegas, Nevada 09/03/2017 REUTERS/David Becker
Foto: Reuters

A empresa também elevou suas previsões para vendas e lucro, e espera agora que a receita com a divisão de negócios de construção aumente 20 por cento e com negócio de mineração salte 30 por cento.

As vendas na América do Norte, maior mercado da Caterpillar, saltaram 27 por cento no terceiro trimestre. A receita com construção na região subiu 31 por cento, para 2,17 bilhões de dólares e a receita de recursos básicos, incluindo mineração, avançou 28 por cento, para 581 milhões de dólares.

O lucro líquido da Caterpillar aumentou para 1,06 bilhão de dólares no terceiro trimestre encerrado em 30 de setembro, ante 283 milhões de dólares no ano anterior.

Excluindo os custos de reestruturação, a Caterpillar teve lucro de 1,95 dólar por ação, ante 0,85 dólar por ação no mesmo período do ano anterior. O resultado também superou a estimativa de analistas, de 1,27 dólar por ação, segundo dados da Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita total subiu para 11,41 bilhões de dólares, acima da estimativa do mercado, de 10,65 bilhões de dólares.

A Caterpillar disse que agora espera vendas e receita de 44 bilhões de dólares em 2017, em relação à previsão anterior entre 42 bilhões e 44 bilhões de dólares.

A empresa estima um lucro ajustado de 6,25 dólares por ação, acima dos 5 dólares que previu anteriormente.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade