2 eventos ao vivo

Prioridade da Renault é fortalecer aliança com Nissan, diz presidente do conselho

12 jun 2019
13h36
atualizado às 13h48
  • separator
  • 0
  • comentários

A Renault vê o fortalecimento de sua aliança Nissan como uma prioridade depois que um projeto de fusão com a Fiat Chrysler fracassou na semana passada, disse o presidente do conselho da montadora francesa, Jean-Dominique Senard, nesta quarta-feira.

Presidente do Conselho da Renault, Jean-Dominique Senard, em conferência da aliança entre Renault, Nissan e Mitsubishi em Yokohama, Japão 12/03/2019 REUTERS/Kim Kyung-Hoon
Presidente do Conselho da Renault, Jean-Dominique Senard, em conferência da aliança entre Renault, Nissan e Mitsubishi em Yokohama, Japão 12/03/2019 REUTERS/Kim Kyung-Hoon
Foto: Reuters

"A prioridade agora é tornar a aliança bem-sucedida, eficiente e forte", disse Senard durante a reunião de acionistas da empresa em Paris. "Não haverá qualquer sucesso para a Renault se não houver sucesso para a aliança."

Senard disse que o fortalecimento da aliança exigirá esforços de ambos os lados. Mesmo que a confiança entre os dois parceiros tenha se deteriorado, disse o executivo.

Senard, que sucedeu Carlos Ghosn como presidente do conselho, tem trabalhado para reparar as relações com a Nissan. Mas a Nissan recusou-se a estudar a proposta de fusão completa com a Renault e a montadora francesa bloqueou mudanças de governança na parceira japonesa e exigiu mais assentos nos comitês da empresa.

O presidente francês, Emmanuel Macron, recusou um pedido para se encontrar com Senard, que está furioso com a interferência do governo na montadora, disseram fontes à Reuters, levantando dúvidas sobre o futuro de Senard no grupo.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade