0

PETRÓLEO-Preços se recuperam de queda por tuíte de Trump e fecham quase estáveis

28 mar 2019
17h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Os contratos futuros do petróleo fecharam praticamente estáveis nesta quinta-feira, após se recuperarem das piores perdas do dia, quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu à Opep para aumentar a produção de petróleo, em um esforço para reduzir os preços, que caminharam para seus maiores ganhos trimestrais em uma década.

REUTERS/Todd Korol
REUTERS/Todd Korol
Foto: Reuters

Os futuros atingiram a mínima da sessão imediatamente após os comentários de Trump, mas em seguida registraram rali para os níveis de antes do tuíte do presidente norte-americano.

O petróleo dos EUA teve retração de 0,11 dólar, fechando a 59,30 dólares por barril. Mais cedo, o contrato caiu para 58,20 dólares na esteira do tuíte de Trump, em que ele disse ser "muito importante que a Opep aumente o fluxo de petróleo" devido à fragilidade dos mercados mundiais.

Já os futuros do petróleo Brent perderam 0,01 dólar, encerrando a sessão a 67,82 dólares o barril, após operarem a 66,54 dólares mais cedo.

Os preços do petróleo subiram mais de 25 por cento neste ano, com o produto norte-americano indo em direção a seus maiores ganhos de primeiro trimestre desde 2002, além dos melhores ganhos trimestrais para os dois valores de referência desde 2009, majoritariamente por conta dos cortes de produção da Opep e seus aliados, como a Rússia.

Semeando incerteza no pacto liderado pela Opep, porém, a Arábia Saudita está tendo dificuldades para convencer a Rússia a permanecer por mais tempo no acordo, com Moscou podendo concordar com uma extensão de apenas três meses, segundo três fontes familiarizadas ao assunto.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade