0

Petróleo fecha em alta após Trump anunciar reunião com Liu e dissipar pessimismo

10 out 2019
16h44
  • separator
  • 0
  • comentários

Os contratos futuros de petróleo tiveram uma sessão de alta firme nesta quinta-feira, 10, à medida que o anúncio pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que se reunirá amanhã com o vice-premiê da China, Liu He, no âmbito das negociações comerciais em Washington reverteu o pessimismo gerado por uma série de manchetes desde a noite de ontem.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI para novembro subiu 1,83%, a US$ 53,55 o barril. Já na Intercontinental Exchange (ICE), o barril do petróleo Brent para dezembro avançou 1,34%, a US$ 59,10.

Veículos da imprensa como South China Morning Post e a emissora Fox Business noticiavam na noite de quarta-feira que as conversas bilaterais seriam encurtadas e encerradas ainda hoje, o que fez os mercados internacionais abrirem os negócios com muita cautela.

Mas a declaração de Trump, que ainda classificou a quinta-feira como "um grande dia de negociações com a China", reverteu a pressão sobre os preços de ativos à medida que a participação do presidente nem sequer estava prevista nas reuniões de alto escalão.

O efeito favorável do anúncio da reunião amanhã foi generalizado entre as commodities, justamente em meio às preocupações de que a duração prolongada da guerra comercial sino-americana siga prejudicando a demanda global por esses materiais.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade