PUBLICIDADE

PEC Emergencial irá direto ao plenário da Câmara, diz Lira

Decisão foi tomada para garantir uma rápida votação e pagamento do auxílio ainda neste mês

2 mar 2021
11h27 atualizado às 11h53
0comentários
11h27 atualizado às 11h53
Publicidade

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), anunciou nesta terça-feira que a PEC Emergencial, quando aprovada pelo Senado, irá direto ao plenário da Câmara, sem a necessidade de passar por comissões da Casa.

Presidente da Câmara dos Deputados, Arhur Lira, em Brasília
02/02/2021 REUTERS/Adriano Machado
Presidente da Câmara dos Deputados, Arhur Lira, em Brasília 02/02/2021 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Segundo o deputado, a definição foi acertada em reunião de líderes, de forma a garantir uma rápida votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e possibilitar o pagamento do auxílio emergencial ainda neste mês.

O governo aguarda votação da PEC, que abre o caminho para a concessão da renda assistencial, para editar medida detalhando o valor da ajuda e o número de parcelas, mas já é pública a intenção de oferecer 250 reais por quatro meses.

"A maioria dos líderes da Câmara dos Deputados manifestou apoio à tramitação especial - direto em plenário - da PEC Emergencial, como forma de garantir o pagamento do auxílio emergencial já em março", publicou Lira no Twitter.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade