PUBLICIDADE

Paulo Valle será o novo secretário do Tesouro Nacional após saída de Bittencourt

Assim como Jeferson Bitencourt, Valle é funcionário de carreira do Tesouro, onde comandou por muito anos a área da dívida pública

22 out 2021 19h42
| atualizado às 19h56
ver comentários
Publicidade

BRASÍLIA - Paulo Valle foi confirmado pelo Ministério da Economia como novo secretário do Tesouro Nacional, após a saída de Jeferson Bittencourt na quinta-feira.

Assim como Bitencourt, Valle é funcionário de carreira do Tesouro, onde comandou por muito anos a área da dívida pública. Ele foi escolhido pelo novo secretário de Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago, cujo nome também foi confirmado nesta sexta-feira, 22, pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Assim como Bitencourt, Pedro Valle é funcionário de carreira do Tesouro.
Assim como Bitencourt, Pedro Valle é funcionário de carreira do Tesouro.
Foto: Pedro França/Agência Senado - 13/5/2019 / Estadão

"O Ministério da Economia informa, ainda, que Paulo Fontoura Valle aceitou o convite feito por Esteves Colnago para assumir a Secretaria do Tesouro Nacional", informa a nota divulgada pela pasta.

O anúncio vem um dia após a debandada da equipe econômica. Guedes perdeu quatro auxiliares por conta da crise instaurada na Economia, diante do acordo firmado pelo governo para mudar a regra do teto de gastos e liberar R$ 83,6 bilhões em despesas adicionais. A medida, aprovada na comissão especial da PEC dos precatórios, vai permitir um Auxílio Brasil de R$ 400.

Além de Bittencourt, e eu adjunto, Rafael Araujo, também pediram exoneração do cargo o então secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, e sua adjunta, Gildenora Dantas.

Estadão
Publicidade
Publicidade