4 eventos ao vivo

Ouro fecha no menor nível desde 6 de agosto, com dólar em alta

10 set 2019
16h09
  • separator
  • 0
  • comentários

O ouro encerrou a sessão desta terça-feira abaixo do nível psicológico de US$ 1.500,00 por onça-troy, à medida que a valorização do dólar e a subida dos juros dos Treasuries afastou os investidores do metal.

Na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), a onça-troy do ouro para dezembro caiu 0,79%, para US$ 1.499,20. Este é o menor valor de fechamento desde 6 de agosto.

"O ouro está mostrando os primeiros sinais de estagnação após um incansável rali de verão", disse Stephen Innes, estrategista de mercado da Ásia-Pacífico na AxiTrader, em referência à estação do ano no Hemisfério Norte.

As preocupações com a batalha comercial entre EUA e China parecem ter mudado para segundo plano para os investidores, depois de serem responsabilizadas pela tensão nos mercados em agosto. O secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, disse na segunda-feira à Fox Business que vê o compromisso da reunião em outubro com Pequim como um sinal de boa fé.

Nesta sessão, os investidores ainda estavam evitando os Treasuries e o iene, outros refúgios tradicionais. Este movimento técnico prejudica o ouro, uma vez que o metal tende a se valorizar quando o cenário de juros mais baixos se estabelece.

"Havia um prêmio significativo embutido no preço do ouro depois dos picos recentes, e parte disso permanece", disse Brien Lundin, editor do Gold Newsletter, em comentários recentes ao MarketWatch. "O risco de 'boas notícias' contínuas no front econômico continua sendo um risco para o preço do ouro, mas sigo acreditando que as condições monetárias mais relaxadas apoiarão o preço a longo prazo." Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade