7 eventos ao vivo

Ouro fecha em queda penalizado por dólar fortalecido

14 set 2018
15h32
  • separator
  • comentários

O ouro fechou em queda nesta sexta-feira, 14, penalizado pelo fortalecimento do dólar ante outras moedas fortes, após a fala do presidente da distrital de Chicago do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Charles Evans, e digerindo indicadores da economia dos Estados Unidos.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em dezembro encerrou o pregão em baixa de 0,50%, para US$ 1.201,10 por onça-troy. Na semana, por outro lado, o ouro avançou 0,05%.

A moeda americana ganhou força após os comentários de Evans de que a economia dos EUA está forte e pede por aumentos graduais nas taxas de juros. Ele também afirmou que o Produto Interno Bruto (PIB) americano deve crescer 3% este ano, enquanto a taxa de desemprego deve recua para 3,5% até o fim de 2020.

Investidores também acompanharam a divulgação de indicadores da economia americana, como o índice de sentimento do consumidor nos EUA elaborado pela Universidade de Michigan, que avançou de 96,2 em agosto para 100,8 na preliminar de setembro. O resultado superou a expectativa de 96,1 dos analistas.

"O dólar permanece no banco do motorista com a correlação contínua entre os dois", destaca Christopher Louney, estrategista de commodities da RBC Capital Markets. À medida que a divisa americana se fortalece, o ouro se torna mais caro para detentores de outras divisas.

Mesmo assim, o analista ressalta que tratativas comerciais estão no centro das atenções no mercado de ouro. "Nós olhamos para as notícias em torno do comércio e quaisquer possíveis mudanças políticas ou acordos como os fatores mais importantes a serem observados no futuro", afirmou. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade