0

Ouro fecha em queda e tem primeiro recuo semanal desde meados de dezembro

18 jan 2019
17h14
  • separator
  • 0
  • comentários

O contrato futuro de ouro fechou em queda nesta sexta-feira, 18, e registrou sua primeira perda semanal desde meados de dezembro, pressionado pela valorização do dólar em relação a outras divisas fortes e em um movimento de maior apetite por risco, alimentado por esperança de um possível avanço para uma resolução na disputa comercial entre Estados Unidos e China.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em fevereiro recuou 0,75%, para US$ 1.282,60 por onça-troy. Na semana, o metal precioso registrou queda de 0,54%.

"O preço do ouro está caindo hoje (sexta), já que os investidores estão otimistas em relação ao acordo comercial EUA-China, apesar do fato de o Tesouro americano ter negado todos os rumores recentes. O fato é que Washington e Pequim desejam fazer um acordo agora e parece que os dois lados entenderam as consequências dessa turbulência", disse o analista-chefe de mercados da Think Markets, Naeem Aslam. Ele, contudo, ressaltou que os investidores não devem tirar os olhos do "caos do Brexit, porque ainda não temos ideia sobre a direção a que estamos indo e isso deve ter impacto no crescimento britânico e europeu".

Durante a tarde, a agência de notícias Bloomberg noticiou que a China deseja aumentar as importações de produtos americanos com a finalidade de reduzir o superávit comercial que tem com os EUA. Assim, o dólar saltou em relação a outras moedas fortes, o que pressionou os preços do metal amarelo que, por ser cotado em dólar, fica mais caro para investidores que operam em outras divisas quando a moeda americana avança.

"Há apenas uma palavra para descrever a atual queda no preço do ouro: fadiga", disse o analista-chefe de mercados da Insignia Consultants, Chintan Karnani. Ele afirmou que a incapacidade do ouro spot de conseguir quebrar a barreira de US$ 1,3 mil e negociar em níveis mais elevados pode ser a raiz do recuo. "Havia todos os tipos de notícias positivas para fazer o ouro subir, mas ele não conseguiu ultrapassar o nível técnico", afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade