3 eventos ao vivo

Ouro fecha em alta com dúvida sobre juros nos EUA e queda do dólar

9 jan 2019
17h08
  • separator
  • 0
  • comentários

O contrato futuro de ouro encerrou o pregão desta quarta-feira, 9, em alta, apoiado por comentários "dovish" feitos por dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), que levaram o dólar a apresentar perdas expressivas em relação a outras moedas principais.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em fevereiro avançou 0,47%, para US$ 1.292,00 por onça-troy.

O presidente da distrital de Chicago do Fed, Charles Evans, disse nesta quarta-feira que o banco central pode levar algum tempo antes de aumentar as taxas de juros novamente em meio a uma perspectiva econômica incerta. Evans tem direito a voto nas reuniões de política monetária este ano. Além dele, o presidente da distrital de Atlanta, Raphel Bostic, que não é um membro votante, disse que as taxas de juros de curto prazo do Fed estão onde elas precisam estar agora em meio à incerteza sobre a economia.

As expectativas de que o Fed será mais lento para elevar os juros tendem a impulsionar o ouro, que luta para competir com ativos cujos rendimentos sobem quando as taxas são aumentadas, como os Treasuries. Os investidores também aguardam a ata da reunião de política monetária de dezembro para mais pistas sobre o rumo a ser adotado pelo Fed este ano.

O dólar mais fraco também ajudou o ouro, que é denominado na moeda americana e se torna mais acessível para compradores que operam em outras divisas quando o dólar cai. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade