2 eventos ao vivo

Oferta de grupo de credores da Argentina inclui defesa 'Pac-Man'

3 jul 2020
12h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um dos principais grupos de credores da Argentina, o Comitê de Credores da Argentina (ACC), confirmou nesta sexta-feira que apresentou nova oferta ao governo do país como parte das renegociações da dívida, que estão em andamento.

Notas de peso argentino. 03/09/2019. REUTERS/Agustin Marcarian
Notas de peso argentino. 03/09/2019. REUTERS/Agustin Marcarian
Foto: Reuters

A nova oferta, que a Reuters revelou ter sido entregue na quinta-feira, fornecerá ao governo 39 bilhões de dólares em alívio de fluxo de caixa ao longo dos próximos oito anos, segundo o ACC, e inclui a exigência de que dois terços dos títulos participem de qualquer acordo.

Os especialistas em dívida veem essa ação como um passo importante. Se o governo não aceitar a proposta, eles dizem que isso pode sinalizar a intenção de adotar a chamada estratégia 'Pac-Man', na qual o governo tenta convencer os investidores a lidar com isso de uma só vez.

"O ACC continua acreditando que o melhor caminho a seguir é uma resolução consensual", afirmou o grupo em comunicado.

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade