PUBLICIDADE

Nova ferramenta de inclusão para empresas: Currículo Oculto

Reconhecida pela sua tecnologia em vídeo para a realização de entrevistas às cegas, Jobecam lança nova funcionalidade.

31 dez 2021 07h00
ver comentários
Publicidade
Cammila Yochabell defende que a ferramente combate “vieses inconscientes”
Cammila Yochabell defende que a ferramente combate “vieses inconscientes”
Foto: Marco Torelli / Divulgação

A Jobecam, HRTech no setor de recrutamento, seleção e D&I dá mais um importante passo nas práticas de diversidade e inclusão dos processos seletivos dentro das empresas. A startup, que dobrou de tamanho no último ano, segue o seu plano de atuação no mercado brasileiro com o lançamento de mais uma funcionalidade. Agora, além de contarem com os vídeos às cegas, os recrutadores podem requerer o currículo oculto da pessoa candidata.

O currículo oculto segue o modelo tradicional na sua estrutura. A diferença é que não é revelado o nome, foto, idade e nem o bairro onde a pessoa candidata mora. Ou seja, as informações pessoais são excluídas para evitar discriminações de gênero, raça, classe e faixa etária.

Com a novidade, a pessoa recrutadora terá acesso aos dados básicos do talento como: Profissão, Idiomas falados, Experiências Profissionais (sem mencionar a empresa, apenas o seu segmento), Histórico Acadêmico (sem mencionar a instituição de ensino) e Habilidades. Os avatares, já conhecidos na tecnologia de vídeo da Jobecam, também são usados, substituindo a foto das pessoas candidatas.

"A nova ferramenta é mais uma forma de combate aos vieses inconscientes. Por exemplo, evitamos percepções com relação a localização de pessoas que moram em locais afastados e têm mais chances de não serem descartadas por esse motivo, além da faculdade que cursou e gênero ”, comenta a CEO da Jobecam, Cammila Yochabell.

Diversidade e inclusão como propósito do negócio

A startup que hoje atende clientes do porte do Bradesco e Vivo, aposta na oferta de uma experiência cada vez mais completa para os profissionais de RH, criando um ambiente ainda mais diverso dentro das empresas, com cursos e materiais educativos sobre diversidade, inclusão e vieses inconscientes.

A novidade chega em um momento em que 39% das empresas já vem investindo em tecnologias que evitam vieses discriminatórias na contratação, segundo o Guia Salarial 2022, da Robert Half, divulgado em outubro deste ano. Hoje, a plataforma já promove um aumento de cerca de 70% de diversidade nas contratações, mantendo o sigilo da voz, a aparência e dados da pessoa avaliada durante toda a entrevista. Além disso, o uso de inteligência artificial otimiza os processos seletivos em mais de 80%.

“Práticas de diversidade, equidade e inclusão melhoram produtividade e impactam positivamente na cultura da companhia. Além de atrair e reter talentos, tornando o ambiente mais criativo”, finaliza.

(*) HOMEWORK inspira profissionais e empreendedores a trabalhar de um jeito mais inteligente, saudável, transformador. Nosso conteúdo impacta mais de 1 milhão de usuários únicos, todo mês. É publicado no Terra e compartilhado via redes sociais, WhatsApp e newsletter. Entre pra comunidade HOMEWORK!

Homework Homework
Publicidade
Publicidade