PUBLICIDADE

Lula está preocupado com nível de renúncias fiscais, dizem ministros

17 jun 2024 - 13h24
(atualizado às 13h48)
Compartilhar
Exibir comentários

O nível elevado de renúncias fiscais nas contas do governo federal chamou a atenção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que ficou "mal impressionado" com os números e demonstrou "preocupação muito grande" com o tema em reunião no Palácio do Planalto, disseram nesta segunda-feira os ministros da Fazenda, Fernando Haddad, e do Planejamento, Simone Tebet.

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, durante cerimônia no Palácio da Alvorada, em Brasília
02/05/2023
REUTERS/Ueslei Marcelino
Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, durante cerimônia no Palácio da Alvorada, em Brasília 02/05/2023 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

Em entrevista à imprensa após reunião com Lula para analisar as contas do governo e preparar a elaboração do Orçamento de 2025, Tebet afirmou que o presidente deu aos ministros da área econômica um tempo para se debruçarem sobre os números e apresentarem soluções.

Ela citou como exemplo de preocupação o aumento do gasto da Previdência, que está relacionado à elevação das renúncias tributárias.

"São duas grandes preocupações, o crescimento dos gastos da Previdência e da renúncia tributária. E o aumento dos gastos da Previdência está relacionado também ao aumento das renúncias tributárias", disse Tebet.

"Esses números foram apresentados ao presidente, ele ficou extremamente mal impressionado com o aumento dos subsídios", acrescentou.

Haddad ressaltou que a carga tributária caiu no ano passado e que o governo fez uma recomposição para tentar reequilibrar as contas.

"Dois temas chamaram a atenção do presidente. No plano da receita, uma preocupação muito grande com as renúncias ficais", disse o ministro.

"E também uma explicação dada a ele sobre a queda da carga tributária no ano passado, caiu mais de 0,6% do PIB, o que foi considerado pelo presidente bastante significativo".

Após a aprovação de uma série de iniciativas para aumentar a arrecadação, a equipe econômica tem sido pressionada a apresentar medidas de reavaliação das despesas

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade