0

Nissan rebate notícia sobre corte de produção, diz que é "completamente incorreta"

19 abr 2019
12h33
  • separator
  • comentários

A Nissan Motor disse nesta sexta-feira que uma notícia veiculada pelo jornal Nikkei informando que a empresa reduziria a produção neste ano é "completamente incorreta" e que havia prestado queixa junto ao periódico, em uma incomum negativa de reportagem no Japão.

O comentário surgiu após o Nikkei, renomado no Japão por suas notícias de negócios, análises e prévias que mexem com o mercado, dizer que a Nissan reduziria sua produção global em cerca de 15 por cento no atual ano fiscal, que se encerrará em março de 2020.

A medida marcaria uma mudança na agressiva campanha de expansão promovida pelo ex-presidente do conselho de administração, Carlos Ghosn, de acordo com o jornal Nikkei.

"Os detalhes informados nesta história estão completamente incorretos e a Nissan expressou sua forte objeção ao Nikkei", disse a montadora japonesa em um comunicado divulgado em seu site.

"O plano de produção da Nissan para o atual ano fiscal será divulgado em 14 de maio, quando a companhia anunciará seus resultados financeiros do ano anterior", disse a fabricante do utilitário Rogue e do sedã Altima.

O Nikkei, que também é dono do jornal britânico Financial Times, confirmou que recebeu uma queixa da Nissan. A publicação ainda disse que continuaria cobrindo o assunto e que relataria os fatos prontamente, assim que tudo se esclarecesse.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade