0

Musk se aproxima de pagamento de US$346 mi com disparada de ações da Tesla

14 jan 2020
12h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, está se aproximando do momento de receber o primeiro pagamento avaliado em 346 milhões de dólares de um pacote recorde atrelado ao valor da ação da companhia, que mais que dobrou nos últimos três meses.

Presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, já conseguiu cumprir a meta operacional que também era necessária para disparar a opção de compra de ações da empresa. Berlim, Alemanha, 12/11/2019. REUTERS/Hannibal Hanschke
Presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, já conseguiu cumprir a meta operacional que também era necessária para disparar a opção de compra de ações da empresa. Berlim, Alemanha, 12/11/2019. REUTERS/Hannibal Hanschke
Foto: Reuters

As ações da Tesla dispararam 9% na segunda-feira, para um valor recorde. Os papéis precisam de mais uma alta de 6% para que o valor de mercado da montadora de veículos elétricos some 100 bilhões de dólares. O valor precisará ser sustentado neste nível durante um mês e também por uma média desse valor ao longo de seis meses. Se isso acontecer, será o gatilho para disparar a primeira de 12 parcelas de opções de compras de ações da Tesla por Musk.

O executivo já conseguiu cumprir a meta operacional que também era necessária para disparar a opção de compra de ações da empresa.

Para que Musk continue a receber os pagamentos seguintes, sob os termos do pacote de 2018 concedido a ele, o valor de mercado da Tesla deverá continuar subindo em incrementos de 50 bilhões de dólares ao longo do período de 10 anos. O bilionário terá direito ao pacote completo se o valor de mercado da Tesla atingir 650 bilhões de dólares e a montadora conseguir cumprir uma série de metas de receita e lucro.

O pagamento completo a Musk, que também é controlador da empresa de foguetes espaciais SpaceX, vai superar qualquer coisa já concedida anteriormente a executivos dos Estados unidos, segundo a Institutional Shareholder Services, um grupo de assessoria que recomendou aos acionistas da Tesla a rejeição da concessão do pacote a Musk na ocasião em que foi proposto.

Musk não recebe salário ou bônus em dinheiro, apenas opções com base no valor de mercado da Tesla e atingimento de metas de crescimento da empresa.

"Esta é a definição precisa de pagamento por performance", disse Ian Keas, diretor sênior da Longnecker & Associates, uma consultoria de compensação a executivos. "Mas ele é a única pessoa que poderia servir no papel de presidente-executivo e entregar valor aos acionistas? Esta é a questão de 1 bilhão de dólares."

O pagamento potencial de Musk se compara aos 638 milhões de dólares recebidos pelo fundador da Snap, Evan Spiegel, em 2017, depois da oferta pública inicial de ações da companhia de mídia social. Em 2018, o presidente-executivo da Walt Disney, Robert Iger, recebeu ações avaliadas em cerca de 150 milhões de dólares.

Na semana passada, o valor de mercado da Tesla atingiu quase 89 bilhões de dólares, superando a soma de valores de General Motors e Ford pela primeira vez. A empresa divulgou um resultado de terceiro trimestre acima do esperado, progresso da nova fábrica da empresa na China e entregas melhores que as expectativas de carros no quarto trimestre.

Musk atualmente possui cerca de 34 milhões de ações da Tesla, equivalentes a 19% da companhia. Seu pacote de compensação permitirá que ele compre outras 20,3 milhões de ações se todas as opções de aquisição forem concedidas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade