0

Moody's muda perspectiva do rating da CSN, de estável para negativa

3 jun 2020
20h21
atualizado às 20h24
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A agência de classificação de risco Moody's mudou, de estável para negativa, a perspectiva do rating da CSN, argumentando que os riscos de crédito da siderúrgica seguirão elevados diante da baixa demanda por aço.

Entrada de usina da CSN em Volta Redonda (RJ) 
16/01/2009
REUTERS/Fernando Soutello
Entrada de usina da CSN em Volta Redonda (RJ) 16/01/2009 REUTERS/Fernando Soutello
Foto: Reuters

Atualmente, a agência confere nota B2 à companhia.

"A alteração da perspectiva dos ratings da CSN reflete a expectativa de que o risco de refinanciamento da empresa seguirá elevado nos próximos 12 a 18 meses apesar dos esforços recentes para rolar os vencimentos da dívida de 2020, e de que as métricas de crédito seguirão fracas como consequência da queda acentuada na demanda de aço no Brasil", afirmou a Moody's.

Para a instituição, a disseminação do coronavírus, a deterioração da perspectiva econômica global, a queda dos preços de petróleo e o declínio dos preços de ativos estão criando efeitos combinados sem precedentes.

"A CSN continuará dependendo de eventos de liquidez externos para poder reduzir seus níveis de endividamento e risco de refinanciamento de forma mais estrutural e significativa", afirmou a agência.

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade