PUBLICIDADE

Mineradoras e balanços mistos tiram ações europeias de picos recentes

27 out 2021 13h45
| atualizado às 17h06
ver comentários
Publicidade

As ações europeias caíram de máximas quase recordes nesta quarta-feira, com mineradoras liderando as perdas depois que temores sobre a China afetaram os preços dos metais, enquanto resultados corporativos mistos e a proximidade da reunião do Banco Central Europeu (BCE) deixaram investidores nervosos.

Operadores em Bolsa de Frankfurt
 24/6/2016  REUTERS/Staff/Remote
Operadores em Bolsa de Frankfurt 24/6/2016 REUTERS/Staff/Remote
Foto: Reuters

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em baixa de 0,4%, a 474,04 pontos, depois de chegar perto de um pico histórico na terça-feira.

As ações de empresas de mineração caíram 1,9%, com a intervenção chinesa para lidar com a disparada das commodities atingindo os preços do carvão e de metais.

Um lote misto de balanços também pesou, com o Deutsche Bank despencando 6,9% apesar de ter registrado lucro trimestral melhor do que o esperado, conforme investidores questionaram a dependência do banco de fontes de dinheiro voláteis.

Operadores estão focados agora na reunião do BCE, na quinta-feira, em que as autoridades de política monetária devem manter os juros e questionar as previsões de inflação do mercado.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,33%, a 7.253,27 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,33%, a 15.705,81 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,19%, a 6.753,52 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,61%, a 26.806,19 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,33%, a 8.972,30 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,40%, a 5.691,16 pontos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade