0

Mercados europeus ficam perto das máximas de 6 semanas com avanço dos índices de Portugal

18 set 2017
14h06
  • separator
  • comentários

Os mercados acionários europeus fecharam perto das máximas de seis semanas nesta segunda-feira, ajudados pela força dos mercados de ações globais e impulsionados pela alta do setor financeiro e pelo avanço dos índices de Portugal depois que o membro da zona do euro recuperou o grau de investimento.

Sem novas ações da Coreia do Norte durante o fim de semana, a recuperação econômica continuou a estimular o apetite pelas ações da região. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,3 por cento, a 1.500 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,33 por cento, a 382 pontos.

Wall Street, mais cedo na sessão, atingiu novas máximas.

O índice de blue chips de Lisboa foi o destaque depois que a Standard & Poor's se tornou a primeira das três maiores agências de classificação de crédito a devolver ao país grau de investimento, citando a melhora da economia e das finanças públicas.

O PSI 20 de Portugal chegou a atingir a máxima de oito semanas na sessão e fechou com alta de 1,56 por cento, com as ações do banco BCP Millennium subindo 5,59 por cento.

Desde que o país perdeu seu grau de investimento há mais de cinco anos, seu índice de blue chips apresentou desempenho inferior ao de seus pares.

"A zona do euro está em uma posição muito boa atualmente, acreditamos, já que se beneficia de qualquer aumento no rendimento dos títulos, e a maior parte do dano no curto prazo de um euro mais forte provavelmente já está absorvido", disseram os estrategistas do JPMorgan liderados por Mislav Matejka.

O JPMorgan avalia as ações da zona do euro como "overweight" e espera que as financeiras, como bancos, companhias de seguros, e setores cíclicos tenham desempenho superior ao do mercado até o final do ano.

O índice de bancos zona da Europa avançou 0,54 por cento, com a alta do Banco de Sabadell e do UniCredit.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,52 por cento, a 7.253 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,32 por cento, a 12.559 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,30 por cento, a 5.229 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,61 por cento, a 22.364 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,20 por cento, a 10.338 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,56 por cento, a 5.283 pontos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade