PUBLICIDADE

Méliuz fecha parceria com a fintech Liqi

20 mai 2022 10h00
ver comentários
Publicidade

O Méliuz anunciou nesta sexta-feira, 20, uma parceria com a Liqi, fintech de ativos digitais em blockchain. O objetivo, segundo comunicado ao mercado, é tornar a operação em criptomoedas da companhia ainda mais robusta e envolve potencial aquisição minoritária da Liqi, condicionada a performance de alguns indicadores.

"Com o acordo, o Méliuz passa a ganhar em liquidez na transação com criptomoedas, já que passa a ter acesso a compra de bitcoins em uma nova exchange, aumentando a facilidade de comprar e vender a criptomoeda no mercado, além de ampliar o portfólio de serviços, gerando ainda mais oportunidades de engajamento e de cross sell com sua base de mais de 23 milhões de contas cadastradas", afirma a empresa.

Segundo o anúncio, utilizando tecnologia em blockchain combinada com a segurança digital, a Liqi transforma ativos e negócios em frações digitais, chamadas de Tokens, para que se tornem mais acessíveis, aumentando a liquidez para diferentes tipos de ativos.

A Liqi possui um ano de existência, já realizou o lançamento da corretora própria e recebeu um aporte de R$ 27,5 milhões, liderado pelo Kinea Investimentos, Corporate Venture Capital do Itaú Unibanco, e outros novos sócios da startup.

Estadão
Publicidade
Publicidade