PUBLICIDADE

Marfrig anuncia investimento de US$ 7 milhões em duas startups do ramo de alimentos

As startups de gestão de pedidos online de restaurantes e de estoque para redes de supermercados estão correlacionadas com os novos negócios da empresa

26 jan 2022 17h19
| atualizado às 17h25
ver comentários
Publicidade

A Marfrig anunciou nesta quarta-feira, 26, dois investimentos externos em startups por um valor que soma cerca de US$ 7 milhões. O primeiro investimento foi na empresa brasileira Quiq, plataforma digital que simplifica a gestão de pedidos online dos restaurantes, e o segundo foi na empresa norte-americana Takeoff Technologies, que trabalha na criação de soluções automatizadas de atendimento e gerenciamento de estoque de alimentos para redes de supermercado e pequenos comércios.

O Quiq é uma aliança de empresas liderada pelo hub de tecnologia 4all e outros nove sócios de importantes redes de serviços de alimentos. A startup conecta os diversos aplicativos de entregas diretamente aos sistemas de pontos de vendas. A Takeoff Technologies, por sua vez, foi fundada em meados de 2016 por José Vicente Aguerrevere e Max Pedro e conta com mais de 250 funcionários.

De acordo com a companhia em comunicado enviado à Comissão de Valores Imobiliários (CVM), as startups são correlacionadas e complementares aos negócios da Marfrig e estão alinhadas com sua estratégia de crescimento. O anúncio dá continuidade ao comunicado de dezembro de 2020, no qual a empresa informou a criação da diretoria de inovação e novos negócios. A unidade foi criada com o objetivo de encontrar novas oportunidades de impulsionar o crescimento da companhia.

No ano passado, a concorrente Seara fechou uma parceria com o Google Cloud, serviço de computação em nuvem do Google, para a criação de um sistema digital de gestão de granjas. A empresa estimou, à época, que a plataforma beneficiaria 9 mil criadores de aves e suínos. Já a JBS fez um investimento de US$ 100 milhões em carne de laboratório, na startup espanhola BioTech Foods, em sua mais recente aposta em tecnologia, em novembro do ano passado.

Estadão
Publicidade
Publicidade