0

Lucro da Starbucks cai 29,8% no 1º trimestre fiscal, para US$ 622,2 milhões

27 jan 2021
09h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Starbucks obteve lucro líquido de US$ 622,2 milhões, ou US$ 0,53 por ação, no primeiro trimestre de seu ano fiscal 2021, encerrado em 27 de dezembro de 2020, informou a companhia nesta terça-feira (26), depois do fechamento do mercado. O resultado representa queda de 29,8% ante os US$ 885,7 milhões, ou US$ 0,74 por ação, registrados em igual período do ano fiscal anterior. Em termos ajustados, o lucro por ação caiu de US$ 0,79 para US$ 0,61.

A receita diminuiu 5% na mesma comparação, para US$ 6,7 bilhões. Segundo a Starbucks, essa queda foi motivada principalmente pela pandemia de covid-19, que reduziu o tráfego de clientes, modificou as operações, reduziu o horário de funcionamento das lojas e provocou o fechamento temporário de lojas.

Analistas consultados pela FactSet esperavam lucro ajustado de US$ 0,55 por ação e receita de US$ 6,91 bilhões.

As vendas globais no conceito mesmas lojas diminuíram 5% na comparação anual, refletindo uma queda de 19% no número de transações e um aumento de 17% no tíquete médio. As vendas mesmas lojas caíram 6% nas Américas e 3% no segmento internacional. Na China, essas vendas aumentaram 5%.

No primeiro trimestre fiscal, foram abertas 278 lojas, já descontados os fechamentos. O número representa aumento de 4% na comparação anual. Ao fim do período, a Starbucks tinha 32.938 lojas globalmente, sendo 51% próprias e 49%, licenciadas.

A Starbucks também anunciou que o diretor de operações, Roz Brewer, vai deixar a empresa no fim de fevereiro.

Veja também:

Rapaz de 28 anos é detido com espingarda calibre 12, no Angra dos Reis
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade