PUBLICIDADE

Logística: Cecafé cobra da Antaq harmonização na cobrança de estadia nos portos

23 jul 2021 19h56
ver comentários
Publicidade

São Paulo, 23/07 - O Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) pediu à Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) o aprimoramento da metodologia usada na cobrança de sobre-estadia de contêineres nos portos. A reivindicação foi feita durante audiência pública na Antaq para discutir o tema nesta quinta-feira.

Segundo nota do Cecafé, os exportadores de café vêm relatando que, mesmo quando cumprem os deadlines das cargas, as agências marítimas têm cobrado custos adicionais e indevidos impostos aos embarcadores brasileiros. Eles defendem que haja um nível mais harmonizado de cobrança e que sejam mais justas ao exportador brasileiro.

"As cobranças de sobre-estadias têm sido regulares aos exportadores, com as frequentes rolagens de carga", afirmou o diretor técnico do Cecafé, Eduardo Heron, conforme a nota. "Destacamos o importante papel da Antaq para harmonizar suas normas e corrigir assimetrias de informações", completou.

Até a próxima quarta-feira, 28, o Cecafé deve encaminhar por escrito suas contribuições relacionadas à questão da sobre-estadia.

Estadão
Publicidade
Publicidade