PUBLICIDADE

Leilão de privatização da elétrica Celg-GT é agendado para 13 de maio

12 abr 2021
16h36 atualizado às 17h23
0comentários
16h36 atualizado às 17h23
Publicidade

O leilão de privatização da elétrica Celg Geração e Transmissão, controlada pelo governo estadual de Goiás, foi agendado para 13 de maio, em sessão na sede da bolsa paulista B3.

Equipamentos para geração de energia em Itumbiara (GO) 
09/01/2013
REUTERS/Ueslei Marcelino
Equipamentos para geração de energia em Itumbiara (GO) 09/01/2013 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

A Celg-GT será oferecida a investidores por preço mínimo de venda de 1,53 bilhão de reais, disse em comunicado nesta segunda-feira a CelgPar, empresa por meio da qual o governo goiano controla os ativos de energia.

O edital do leilão de desestatização foi publicado nesta segunda-feira no site da CelgPar.

O cronograma previsto para o processo aponta que interessados na aquisição da Celg-GT deverão entregar em 11 de maio documentos exigidos para a concorrência, incluindo suas propostas econômicas pela companhia.

As ofertas serão abertas na sessão pública do leilão, com vitória a quem se dispuser a pagar o maior valor pela elétrica, que possui ativos de transmissão de energia e participações em hidrelétricas.

Se houver mais de uma proposta pela companhia e a diferença entre elas foi inferior ou igual a 15%, os participantes da disputa poderão oferecer novas ofertas em rodadas de lances viva-voz até o encerramento do pregão, segundo o edital.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade