0

Juros negativos do BCE tiveram até agora impacto neutro para lucros de bancos, diz Draghi

14 jun 2019
11h03
  • separator
  • 0
  • comentários

A taxa de depósito negativa do Banco Central Europeu teve até agora um impacto neutro sobre a rentabilidade bancária, afirmou nesta sexta-feira o presidente do BCE, Mario Draghi, sustentando a recente decisão de compensar os bancos por juros muitos baixos.

Mario Draghi fala em entrevista à imprensa 6/6/2019 REUTERS/Ints Kalnins
Mario Draghi fala em entrevista à imprensa 6/6/2019 REUTERS/Ints Kalnins
Foto: Reuters

Mas Draghi acrescentou que o impacto dos juros negativos muda ao longo do tempo, então que o BCE continuará a monitorar a rentabilidade dos bancos, sugerindo que uma compensação não está descartada.

Bancos costumam reclamar que os juros negativos pressionam suas margens, inibindo sua capacidade de emprestar e negando justamente o estímulo que o BCE busca alcançar.

Uma possível solução, rapidamente discutida por autoridades neste mês, pode ser uma taxa de depósito escalonada, que isentaria parte das reservas excessivas dos bancos da cobrança de 0,4% do BCE.

"O efeito geral de nossa política monetária sobre a rentabilidade dos bancos tem sido até agora neutra", disse Draghi em carta a membro do Parlamento Europeu.

"O impacto negativo das margens de juros dos bancos tem sido compensada por uma melhora no cenário econômico que levou ao aumento do volume total de empréstimos e, além disso, melhorou a qualidade do crédito, o que reduziu os custos de provisionamento", completou.

Embora uma taxa de depósito escalonada tenha sido considerada várias vezes já, autoridades dizem que há pouco entusiasmo para um esquema tão complexo no momento.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade