PUBLICIDADE

JBS compra ativos da irlandesa Kerry por quase US$ 1 bilhão

Aquisição se refere ao negócio de carne e congelados prontos da divisão de alimentos para o consumidor nos mercados da Irlanda e da Inglaterra; negócio foi fechado por meio da Pilgrim's Pride

17 jun 2021 19h13
| atualizado em 18/6/2021 às 13h17
ver comentários
Publicidade

A JBS informou nesta quinta-feira, 17, que a Pilgrim's Pride, sua controlada, assinou acordo para adquirir ativos de alimentos do Kerry Group no Reino Unido e na Irlanda. O valor do negócio chega próximo da marca de US$ 1 bilhão.

"A operação fortalece a posição da companhia como uma das empresas líderes na indústria de alimentos na Europa", disse o grupo de alimentos, em nota. O negócio vem para reforçar a estratégia global da gigante dos alimentos brasileira, que recentemente também fez uma aquisição na área de carne suína na Austrália.

De acordo com a JBS, o conselho de administração da Pilgrim's aprovou o negócio, que é avaliado em mais de US$ 950 milhões (ou cerca de R$ 4,75 bilhões). Entre as marcas comercializadas pela Kerry Group estão Denny, Richmond e Fridge Raiders. O presidente global da JBS, Gilberto Tomazoni, disse, em comunicado, que a aquisição reforça a plataforma da empresa na Europa e a capacidade de inovação para atender às necessidades dos clientes.

De acordo com a JBS, a aquisição inclui a Kerry Meats, líder na produção de alimentos à base de carnes e produtos prontos para o consumo no Reino Unido e na Irlanda, e a Kerry Meals, líder na produção de refeições prontas congeladas e resfriadas no Reino Unido. Combinados, os negócios registraram cerca de US$ 1 bilhão receita durante 2020 e possuem mais de 4,5 mil colaboradores.

Ainda de acordo com a JBS, a conclusão desta aquisição é esperada para o quarto trimestre de 2021 e está sujeita a aprovações regulatórias usuais nesse tipo de transação.

Estadão
Publicidade
Publicidade