0

Inflação em São Paulo perde força na 3º prévia de maio

Dos sete grupos de despesas pesquisados, cinco registraram desaceleração em relação à apuração anterior

26 mai 2015
10h28
atualizado às 10h28
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Vista aérea da cidade de São Paulo
Vista aérea da cidade de São Paulo
Foto: Nacho Doce / Reuters

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), monitorado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que mede a inflação na cidade de São Paulo, registrou decréscimo de 0,7% na terceira prévia de maio. A taxa é 0,13 ponto percentual abaixo da prévia anterior, quando os preços atingiram 0,83%.

Siga o Terra Notícias no Twitter

Cinco dos sete grupos pesquisados apresentaram índices menores de alta em relação à pesquisa anterior. O grupo habitação aumentou 0,97%, índice menor do que o anterior, que foi 1,26%. Em alimentação, o índice passou de 0,82%, na prévia anterior, para 0,76%; em saúde, de 1,78% para 1,44%; em vestuário, de 0,58% para 0,49% e, em educação, o índice passou de 0,09% para 0,08%.

Houve ligeira alta em despesas pessoais: os preços subiram de 0,13% para 0,17%. Também houve alta no grupo transportes: a taxa passou de 0,39% para 0,41%.

O cálculo do IPC é feito sobre os produtos e serviços consumidos pelas famílias com renda até dez salários mínimos. A coleta de preços da terceira prévia de maio refere-se aos preços registrados no período de 23 de abril a 23 de maio, comparados aos encontrados entre 24 de março e 22 de abril.

 

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade