0

INTL FCStone reduz previsão de superávit global de açúcar para 1 milhão de t

7 nov 2018
12h16
  • separator
  • comentários

Ribeirão Preto, 7 - A INTL FCStone reduziu novamente a estimativa de superávit global de açúcar na safra 2018/2019. A consultoria espera um balanço entre oferta e demanda no período entre 1º de outubro deste ano e 30 setembro de 2019 positivo em 1 milhão de toneladas. No levantamento anterior, em setembro, a previsão era de um superávit de 4,4 milhões de toneladas e nas previsões anteriores estava em 7,2 milhões e 7 milhões de toneladas.

Em relatório, a consultoria aponta principalmente a redução na oferta de açúcar sobre a estimativa como o principal fator para a diminuição no saldo global da commodity.

A oferta total deve recuar 3,4%, para 186,7 milhões de toneladas, ante 190,3 milhões de toneladas estimadas na previsão anterior. Já a demanda prevista variou de 185,9 milhões para 185,7 milhões de toneladas entre a previsão de hoje e a de setembro.

A consultoria reverteu a estimativa de produção de açúcar na Índia em 2018/2019 de alta de 1,6%, para 32,8 milhões de toneladas e agora prevê queda de 4% ante 2017/2018, com uma oferta de 31 milhões de toneladas em açúcar branco equivalente.

As chuvas abaixo da média, a falta de água em reservatórios e a praga conhecida como larva branca são as principais causas na restrição da oferta naquele país.

As baixas na oferta seguem com as retrações de 7,7% no Centro-Sul do Brasil, para 26,8 milhões de toneladas; na União Europeia, de 8,6%, para 17,8 milhões de toneladas; e de 5,2% na Tailândia, para 14,3 milhões de toneladas.

A INTL FCStone também reduziu de 10 milhões para 9,6 milhões de toneladas a previsão do superávit global de açúcar na safra 2017/2018, encerrada oficialmente em 30 de setembro.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade